Setor de Comunicação Integrada

imagem do site
Newsletter Newsletter RSS RSS

Estudante da pós em Engenharia de Segurança do Trabalho representa Unesc em evento

Estudante da pós em Engenharia de Segurança do Trabalho representa Unesc em evento
Patrícia Pacheco é formada em Engenharia de Produção na Universidade (Foto: Divulgação) Mais imagens

A egressa do curso de graduação Engenharia de Produção da Unesc e aluna da pós em Engenharia de Segurança do Trabalho da Universidade, Patrícia Pereira Pacheco, representou a Instituição durante 5º Simpósio de Engenharia de Produção, em Joinville. O evento teve como tem "Os desafios na gestão da qualidade, competitividade e inovação tecnológica " e ocorreu de quarta a sexta-feira (24 a 26/5) e Patrícia apresentou o artigo “A importância das ferramentas de gestão da qualidade na identificação de problemas organizacionais: Estudo de caso em uma indústria do sul de Santa Catarina”. “O Simpósio contou com alunos de vários estados do Brasil. Foi muito bom participar e representar a Unesc é um prazer”, comentou.

Fonte: Setor de Comunicação Integrada

Postado por: Milena Spilere Nandi 29 de maio de 2017 às 21:50
Compartilhar Comente

Estudantes de Treviso aprendem a confeccionar bonecos ecológicos

Estudantes de Treviso aprendem a confeccionar bonecos ecológicos
Oficina ocorreu nesta quinta-feira (Foto: Diculgação) Mais imagens

A turma do primeiro ano do Ensino Fundamental da Escola Professora Maria Brogni, de Treviso, teve uma atividade diferenciada nesta quinta-feira (25/4). O projeto de extensão da UNA CET (Unidade Acadêmica de Ciências, Engenharias e Tecnologias), “Educação Ambiental com Enfoque na Preservação da Reserva Biológica Estadual do Aguaí”, realizou uma oficina de confecção de bonecos ecológicos.

Além da primeira turma, os estudantes do quarto ano também participaram de uma oficina de confecção de terrário. O projeto é coordenado pelas professoras Paula Tramontim Pavei, Marta Valéria de Souza Hoffman e Miriam da Conceição Martins, e conta com as bolsistas Karen de Farias Meller, Tainá Chefer Cardoso e a voluntária Zenaide Pais Topanotti.

Fonte: Setor de Comunicação Integrada

Postado por: Mayra Antonio De Lima 26 de maio de 2017 às 18:31
Compartilhar Comente

Eles estão acompanhando a evolução tecnológica na Unesc

Eles estão acompanhando a evolução tecnológica na Unesc
Projeto ensina idosos a utilizar ferramentas como WhatsApp (Foto: Mayra Lima) Mais imagens

A vontade de entrar no mundo tecnológico sempre acompanhou o Celso Niehues. Tudo é muito novo, e muitas vezes parece um tanto inalcançável para o aposentado, que aos 70 anos, sente dificuldade de entender como funcionam as “ferramentas da modernidade”. Foi em busca desse aprendizado que ele resolveu participar do projeto de extensão da Unesc “Informática para a Melhor Idade”. O primeiro encontro ocorreu na tarde desta terça-feira (23/5), e a ansiedade era visível nos olhos de cada participante.

Celso comentou que seu filho já tentou explicar como funcionam algumas coisas, mas que ele acaba se esquecendo. “Eu aprendo, mas como não pratico acabo esquecendo. Meu filho muitas vezes não tem tempo, nem paciência para explicar como funciona então resolvi fazer o curso”, ressaltou.

Quem também está pronto para encarar um novo mundo é o senhor José Luiz Nascimento, de 72 anos. Os filhos e os netos moram longe, e ele utiliza o WhatsApp e o Facebook para se comunicar com eles, mas sente muitas dificuldades. “Eu apanho bastante do computador”, brincou o aposentado. Segundo ele, é necessário acompanhar a evolução, “Não posso ficar para trás e, além disso, quero poder estar mais próximo de minha família com a internet”, comentou.

O projeto teve início em 2013, e já contribuiu para a transformação de muitos participantes. A professora Merisandra Côrtes De Mattos, idealizadora do projeto, conta que a ideia nasceu ao notar o benefício do contato com essas ferramentas nos seus próprios pais. “Meus pais moram no Rio Grande do Sul. Um curso semelhante a esse iniciou por lá e o meu pai resolveu participar, foi quando o universo deles se modificou. A possibilidade de manter o contato com a família, comigo e com amigos trouxe uma outra visão sobre a vida para eles”, comentou.

As aulas são gratuitas e referem-se a conhecimentos básicos de informática, incluindo redes sociais como Facebook, Instagram, Skype e WhatsApp. Além disso, segundo o diretor da UNA CET (Unidade Acadêmica de Ciências, Engenharias e Tecnologias), Evânio Nicoleit, os participantes também vão aprender sobre segurança. “Na internet nós abrimos as portas das nossas vidas e isso deve ser feito com cuidado. Vocês também irão aprender sobre como utilizar essas ferramentas com segurança”, comentou.

Saiba mais


A atuação junto à comunidade regional é uma preocupação da Unesc, uma Universidade Comunitária, sendo que a ação integra as atividades de extensão da UNA CET (Unidade Acadêmica das Ciências, Engenharias e Tecnologias), por meio da Propex (Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão).

Fonte: Setor de Comunicação Integrada

Postado por: Mayra Antonio De Lima 23 de maio de 2017 às 17:09
Compartilhar Comente

Projeto Coleta Seletiva Solidária faz reunião com vereadores de Criciúma

Projeto Coleta Seletiva Solidária faz reunião com vereadores de Criciúma
Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos foi abordado (Foto: Divulgação) Mais imagens

Representantes da Comissão de Constituição, Justiça e Redação da Câmara de Vereadores de Criciúma estiveram na tarde desta quinta-feira (18/5) na Unesc para uma reunião sobre o Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos. O encontro foi solicitado pelo projeto de extensão Coleta Seletiva Solidária e abordou a tramitação do Projeto de Lei do Plano Municipal no Legislativo.

Participaram do encontro o coordenador do projeto de extensão da Unesc, professor Mário Guadagnin, e o professor da Unesc e participante do projeto Leandro Nunes, além dos vereadores Salésio Lima, Júlio César Kaminski e Aldinei João Potelecki.

Mostra fotográfica

Também nesta quinta-feira, a Universidade recebeu a visita do promotor público Luiz Fernando Góes Ulysséia, que conferiu a exposição fotográfica organizada pelo projeto Coleta Seletiva Solidária. Segundo o promotor, as fotografias retratam uma realidade socialmente impactante, além de serem importantes para a sensibilização da sociedade ao que se refere às condições de vida de catadores e catadoras.

A mostra fotográfica intitulada “Catadoras (es), a matéria viva do lixo: retratos da invisibilidade” está exposta no hall do Bloco da Reitoria desde 2 de maio e permanecerá no local até este sábado (20/5).

Fonte: Setor de Comunicação Integrada

Postado por: Milena Spilere Nandi 19 de maio de 2017 às 17:51
Compartilhar Comente

Thayane descobriu na Unesc a fórmula para o seu futuro

Thayane descobriu na Unesc a fórmula para o seu futuro
Seus projetos agregam duas áreas distintas, mas que conversam entre si (Foto: Mayra Lima) Mais imagens

Moda e meio ambiente, como essas duas áreas poderiam conversar entre si? Foi na Unesc que a estudante Thayane de Bem conseguiu encontrar esse caminho. Ela cresceu em meio a linhas e máquinas de costura, por conta do negócio da família, mas com um grande amor pela sustentabilidade. Hoje, na nona fase do curso de Engenharia Ambiental e Sanitária, Thayane conseguiu encontrar a junção destes dois mundos.

Passada de geração a geração, os avós de Thayane fundaram uma fábrica de uniformes. Ela queria seguir esses passos, mas o coração pulsava alto ao se deparar com a degradação do meio ambiente. “Foi na Unesc que eu consegui enxergar como juntar esses dois mundos. Eles podem parecer diferentes, mas para mim eles conversam entre si. Os dois trazem em sua essência a vontade de melhorar a vida das pessoas, aprender diferentes culturas e contribuir para a transformação”, comentou a estudante.

Marca sustentável

Junto ao curso de Engenharia Ambiental e Sanitária, Thayane se apaixonou pelos cálculos, ciências e tecnologias. “Para muitos, o mundo das exatas pode parecer assustador, mas quando você entra a sensação é diferente. São tantos os desafios que te encantam diariamente e você acaba enxergando a simplicidade em cada cálculo”, explica.
Com essa base de conhecimento ligada a paixão familiar, a estudante resolveu criar uma marca de roupa sustentável. “Com o conhecimento que recebo no curso, como a avaliação de impactos ambientais, a prevenção de poluição, e demais técnicas, consigo enxergar formas de entrar no universo da moda por uma linha sustentável, desenvolvendo roupas que não agridam ao meio ambiente e que possam ser uma nova forma de enxergar o universo do vestuário”, contou a aluna.

Engenharia na Unesc

O curso em que a Thayane se encontrou compõe a UNA CET (Unidade Acadêmica de Ciências, Engenharias e Tecnologias). Para ela, o envolvimento com a prática nos laboratórios e as possibilidades diversas que a Universidade traz mostra uma visão diferenciada de mercado de trabalho. Assim, a aluna já se sente preparada, também pelo envolvimento na pesquisa, na extensão e na Eco Júnior Engenharia e Consultoria Ambiental, empresa júnior do curso de Engenharia Ambiental e Sanitária.

Possibilidades

Na Unesc são inúmeras as oportunidades para quem tem o intuito de entrar no mundo das Ciências, Engenharias e Tecnologias. Além da Engenharia Ambiental e Sanitária, a UNA CET conta com os cursos de Arquitetura e Urbanismo, Ciência da Computação, Design, Engenharia Ambiental, Engenharia Civil, Engenharia de Agrimensura, Engenharia de Materiais, Engenharia de Produção, Engenharia Mecânica, Engenharia Química, Tecnologia em Alimentos e Tecnologia em Cerâmica e Vidro.

#escolhaunesc
Pra fazer parte do time Unesc você tem a opção de ingresso pelo histórico escolar. Clique aqui para conhecer nossos cursos e as possibilidades de bolsas.

Fonte: Setor de Comunicação Integrada

Postado por: Mayra Lima 19 de maio de 2017 às 10:00
Compartilhar Comente