Setor de Comunicação Integrada

imagem do site
Newsletter Newsletter RSS RSS

Últimas vagas para especializações na área Empresarial

Últimas vagas para especializações na área Empresarial
Universidade abre novas turmas em três cursos de MBA (Fotos: Divulgação) Mais imagens

Profissionais das áreas de Administração, Ciências Contábeis, Engenharia da Produção, Economia e Gestão de Pessoas que querem iniciar o ano investindo em sua carreira têm à disposição três opções de cursos de pós-graduação na área Empresarial oferecidos pela  Unesc. São as últimas vagas para as turmas do primeiro semestre de 2017 no MBA Gestão de Negócios e Estratégia Competitiva, MBA Executivo em Controladoria e Finanças e MBA Executivo de Pessoas e Coaching​.

Os cursos têm aulas quinzenais às sextas-feiras das 19 às 22 horas e aos sábados das 8 às 12 horas e das 13 às 17 horas. As inscrições podem ser feitas no Setor de Pós-Graduação da Unesc, localizado no Bloco P da Universidade, das 13h30 às 19h30 (em janeiro) e das 8 às 12 horas e 13h30 às 22 horas (a partir de fevereiro). Ainda é possível se inscrever pelo e-mail pos@unesc.net ou pelo telefone (48) 3431-2626. As aulas têm previsão de início em março.

MBA Gestão de Negócios e Estratégia Competitiva

Capacitar profissionais para o desenvolvimento e aprimoramento de técnicas de gestão organizacional, interessados na obtenção de padrões excelentes de qualidade e níveis competitivos de produtividade é o objetivo do MBA Gestão de Negócios e Estratégia Competitiva.

Durante as aulas, os alunos terão contato com disciplinas como Finanças Coorporativas, Análise Estratégica de Investimentos, Sustentabilidade Organizacional, Logística Empresarial, Estratégias de Marketing, Liderança e Coaching e Inovação e Gestão do Conhecimento.

MBA Executivo em Controladoria e Finanças

Empresários, empreendedores, profissionais de Gestão, contadores, administradores, economistas e demais interessados em gestão de negócios com nível superior podem ampliar o conhecimento técnico com o MBA Executivo em Controladoria e Finanças.

Cenários Econômicos, Contabilidade Financeira, Auditoria e Controles Internos, Gestão Tributária, Estratégia e Planejamento Estratégico, Sistema de Informações Gerenciais, Responsabilidade Social Corporativa e Gestão de Pessoas e Competências Organizacionais estão entre as disciplinas da especialização.

MBA Executivo de Pessoas e Coaching​

O curso MBA Executivo em Gestão de Pessoas e Coaching tem como objetivo desenvolver a excelência estratégica em Gestão de Pessoas, bem como a alta performance a competência de liderança em profissionais atuantes ou não no mercado. O conteúdo do curso tem foco em Coaching, que irá aprimorar no aluno sua performance pessoal e profissional, habilidades de negociação, autopercepção e entendimento para atuar como Líder Gestor.

Gestão Estratégica dos Processos de Recursos Humanos, Gestão da Cultura e Clima Organizacional, Legislação Trabalhista, Treinamento e Desenvolvimento de Pessoas, Gestão da Qualidade de Vida, Segurança, Meio Ambiente e Saúde no Trabalho, Endomarketing e Liderança Coaching são algumas das disciplinas oferecidas pelo curso.

Fonte: Setor de Comunicação Integrada

Postado por: Milena Spilere Nandi 17 de janeiro de 2017 às 17:50
Compartilhar Comente

Por que uma Universidade Comunitária muda a vida das pessoas?

Por que uma Universidade Comunitária muda a vida das pessoas?
Instituições de ensino com este caráter não têm fins lucrativos (Foto: Arquivo) Mais imagens

Universidade Comunitária. Você já ouviu falar nela? Elencamos oito fatos para você entender o funcionamento destas instituições, que ainda soa como algo novo para muitas pessoas.

Você sabe porque estudar em uma é interessante não apenas para a sua formação profissional? Assim como para o seu currículo como cidadão? Sabe quem também ganha com isso? A sociedade!

Vamos aos fatos?

1 – Nascemos da comunidade
A Unesc faz parte de um grupo de instituições catarinenses que foram criadas pelo poder público municipal pra expandir o Ensino Superior a cidades menores – antes a concentração de oportunidades estava em Florianópolis.

2 – E somos da comunidade
A Unesc é do povo! Uma Universidade Comunitária não tem um dono específico e toda a infraestrutura é da sociedade. Assim, se as atividades dela encerrarem, tudo que há no campus passa para a cidade, que vai gerir o patrimônio.

3 – Aqui a gente não pensa em lucrar
As Universidades Comunitárias não visam lucro. Cobram mensalidade porque precisam deste recurso para pagar seus funcionários e professores, cuidar da infraestrutura, fazer melhorias e investir em projetos sociais. Ou seja. Todo o dinheiro volta para beneficiar a Instituição, seus alunos e a comunidade.

4 – Ensino, pesquisa e extensão pra uma melhor formação

Todas as ações da Unesc giram em torno do tripé ensino, pesquisa e extensão. E sabe o que isso significa? Educação de qualidade – reconhecida como de excelência pelo MEC, inclusive. Quando você entra pra família Unesc, pode ir além da sala de aula. Os nossos alunos participam de grupos e projetos de pesquisa e de atividades de extensão. Aliam a investigação científica ao trabalho com a comunidade, ensinando e aprendendo com as pessoas.

5 – Atendimentos dentro do campus
E por falar em projetos de extensão, a Unesc, por exemplo, desenvolve ações dentro e fora do campus para beneficiar a sociedade. Além dos projetos em que alunos e professores vão até os Bairros de Criciúma e região, há atendimento gratuito em saúde dentro do campus nas Clínicas Integradas e na UJC (Unidade Judiciária de Cooperação). Isso sim é sair da caixa e olhar diferente né?

6 – Democracia

Todo mundo na Unesc tem voz e vez. O reitor e o vice, assim como as coordenações de cursos, são eleitos por voto direto e universal. Ou seja, cada voto tem o mesmo valor.

7 – Bolsas e descontos
Diferente do que ocorre em uma instituição particular, na Comunitária há uma série de bolsas e descontos para colaborar com a igualdade de oportunidades na Educação Superior. Tem ProUni, tem Nossa Bolsa Licenciatura (com bolsas de até 100%), tem Descontos Corporativos (para funcionários de empresas conveniadas à Unesc), descontos para pessoas acima de 50 anos, para egressos da Universidade, para segunda habilitação, e por aí vai. Ah, e ainda as bolsas para estudantes que participam de projetos de iniciação científica e de extensão.

8 – Somos uma teia
“Na Instituição, nós estamos ligados em uma teia de sentidos, significados e compromissos. Assim como temos essa ligação com a comunidade. Tudo aquilo que a Instituição faz que eleva a Universidade, eleva a comunidade junto. E vice-versa. Tudo o que acontece de bom na comunidade, reflete positivamente na Unesc”. A afirmação vem do reitor Gildo Volpato.

E então? Quer ser comunitário também?

#escolhaunesc

Pra fazer parte do time Unesc você tem a opção do ingresso pelo histórico escolar. Clique aqui para conhecer todos os cursos, possibilidades e se inscrever.

Fonte: Setor de Comunicação Integrada

Postado por: Milena Spilere Nandi 17 de janeiro de 2017 às 15:18
Compartilhar Comente

Conquista: Unesc inicia 2017 com Mestrado em Direito

Conquista: Unesc inicia 2017 com Mestrado em Direito
Processo seletivo para primeira turma já está aberto (Foto: Divulgação) Mais imagens

A Unesc iniciou 2017 com uma novidade na área dos cursos de pós-graduação stricto sensu. A Universidade passou a oferecer o Mestrado em Direito, aprovado pela Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior), com área de concentração em Direitos Humanos e Sociedade. E os interessados em fazer parte da primeira turma do PPGD (Programa de Pós-Graduação em Direito), podem se inscrever para o processo seletivo para admissão de estudantes até 10 de fevereiro. A Unesc é a única instituição do Sul de Santa Catarina com Mestrado em Direito recomendado pela Capes.

O novo mestrado da Unesc tem como objetivo estudar, analisar e desenvolver, crítica e interdisciplinarmente, a concepção de Direitos Humanos enquanto processo e instrumentalização de reconhecimento do valor da vida humana e de transformação social e política. São 15 vagas para a linha de pesquisa “Direitos Humanos, Cidadania e Novos Direitos” e outras 15 para “Direito, Sociedade e Estado”. No Brasil, há 1.300 cursos de Direito, mas destas instituições, 100 possuem mestrado na área.

Para o reitor da Unesc, Gildo Volpato, o novo Mestrado vai beneficiar toda a região com o desenvolvimento de pesquisa e geração de conhecimento. “A aprovação do Mestrado em Direito pela Capes demonstra a qualidade acadêmica de nosso quadro de professores do curso de Direito que completou 20 anos, e possibilita aos egressos retornarem à Instituição para continuarem a formação em nível mais elevado”, comenta Volpato.

A pró-reitora de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão da Unesc, Luciane Ceretta, afirma que a aprovação do Programa de Pós-graduação em Direito Capes representa um passo significativo para a pesquisa na Unesc, que já tem sido internacionalmente reconhecida pelas produções científicas que realiza. “O Mestrado em Direito atenderá importante demanda por formação, e a área de concentração, Direitos Humanos, ampliará ainda mais a atuação da Unesc como Universidade Comunitária, no desenvolvimento regional e na busca de soluções para os problemas sociais. A vinda do Mestrado em Direito também qualificará em muito o ensino de graduação na área. Iniciamos 2017 com esta excelente notícia, resultado do trabalho dedicado de uma equipe de professores muito competente. Ganham todos, a Unesc e a sociedade”, considera.

Para o diretor da UNA CSA (Unidade Acadêmica de Ciências Sociais Aplicadas), Daniel Preve , a aprovação do PPGD coroou um trabalho de anos desenvolvido na Universidade. “A aprovação do Mestrado em Direito pela Capes consolida o excelente trabalho desenvolvido em nossa Universidade nos últimos 20 anos no ensino, na extensão e na pesquisa jurídica. A comunidade de Criciúma e região passa a dispor de um Mestrado em Direito de excelência, o único localizado entre Florianópolis e Porto Alegre”, comenta.

Já o coordenador do Mestrado em Direito da Instituição, Antonio Carlos Wolkmer, comenta que a construção do projeto foi feito com o apoio incondicional da Instituição. “A criação do Mestrado Direitos Humanos e Sociedade não só atende às prioridades de uma Instituiçao Superiror Comunitária, em sua missão de educar para o ensino, pesquisa e extensão, mas, sobretudo, para a crescente demanda social em formar para a área jurídica docentes e pesquisadores de alta qualificação”, afirma Wolkmer.

Com o Mestrado em Direito, a Unesc passou para sete o número de mestrados que oferece. Além disso, a Universidade conta com dois doutorados.

Linhas de pesquisa

O curso traz duas linhas de pesquisa dentro da sua área de concentração. Em “Direitos Humanos, Cidadania e Novos Direitos”, os objetivos são: analisar o processo histórico e os fundamentos da teoria dos direitos humanos, a partir de uma leitura crítica e interdisciplinar; compreender as relações de cidadania e as suas intersecções com os direitos humanos; averiguar o surgimento dos novos direitos no cenário de complexidade social, política, econômica e cultural brasileira e latino-americana e desenvolver, a partir dos conhecimentos teórico-práticos, propostas pedagógicas que contribuam com a formação de uma cultura de proteção dos Direitos Humanos.

Já a linha de pesquisa “Direito, Sociedade e Estado” busca possibilitar a análise dos processos de constitucionalização dos Direitos Humanos no Brasil e na América Latina; investigar as relações entre Estado e sociedade no contexto da materialização dos direitos humanos; analisar o processo de formulação, execução e avaliação das políticas públicas, tendo por referência a participação da sociedade em todas essas fases e estudar a concretização das políticas sociais no contexto das transformações políticas e jurídicas que o Brasil e a América Latina vivenciaram.

Inscrições

As inscrições deverão ser realizadas até 10 de fevereiro de 2017 na secretaria da UNA CSA (Unidade Acadêmica de Ciências Sociais Aplicadas), localizada na sala 18 do Bloco Administrativo da Unesc, das 13h30 às 21 horas – telefone (48) 3431-2673; e-mail ppgd@unesc.net. Também serão aceitas, inscrições enviadas pelo correio, desde que a postagem dos documentos seja realizada até o último dia previsto para a inscrição. (Endereço no edital)

Os nomes dos classificados para a primeira turma serão divulgados em 15 de março. As matrículas ocorrem de 22 a 24 de março e as aulas iniciam em 27 de março, nos períodos matutino e vespertino. No primeiro semestre elas ocorrerão de segunda a quarta-feira cabendo aos aprovados no processo seletivo a escolha das disciplinas que irão cursar.

O livro necessário no processo seletivo do Mestrado pode ser adquirido na coordenação do curso de Direito da Unesc, localizada no Bloco XXI-B.

Mais informações no edital

Fonte: Setor de Comunicação Integrada

Postado por: Milena Spilere Nandi 16 de janeiro de 2017 às 16:55
Compartilhar Comente

Clic nos Vales da Uva Goethe tem sua segunda edição

Clic nos Vales da Uva Goethe tem sua segunda edição
Concurso tem como objetivo valorizar o patrimônio da região (Foto: Arquivo) Mais imagens

Janeiro marca o início da colheita nos Vales da Uva Goethe e você já imaginou as cenas que a vindima produz? E é justamente para valorizar o patrimônio cultural (material e imaterial), natural, histórico, arquitetônico, religioso e artístico da região produtora deste tipo específico de uva e vinho que a Unesc realiza o Clic nos Vales da Uva Goethe. O concurso está em sua segunda edição e premia as melhores fotos de paisagem, parreiras, processo produtivo da uva e vinho Goethe ou de patrimônio histórico nas categorias Amador e Profissional.

As inscrições podem ser feitas até 30 de março e as imagens devem mostrar as belezas da região delimitada pela Indicação de Procedência dos Vales da Uva Goethe, que compreende os municípios de Urussanga, Pedras Grandes, Cocal do Sul, Morro da Fumaça, Orleans, Nova Veneza, Içara e Treze de Maio.

Na categoria Amador, é permitida a inscrição de fotografias feitas com celular ou câmera compacta. Já na Profissional, as imagens devem ser com câmeras semiprofissionais ou profissionais. O primeiro, segundo e terceiro lugar de cada categoria recebe prêmio e certificado de participação.

O concurso é desenvolvido por meio do grupo de pesquisa do PIDI (Propriedade Intelectual, Desenvolvimento e Inovação) da Unesc, com o apoio da ProGoethe, Foto Clube Urussanga, Pousada Pedras Rolantes, Vinícola Urussanga, Vinícola Mazon, Vinícola Trevisol, Vinícola De Nonni e Vinícola Quarezemin.

Inscrições e mais informações

Fonte: Setor de Comunicação Integrada

Postado por: Milena Spilere Nandi 12 de janeiro de 2017 às 19:09
Compartilhar Comente

Unesc em recesso, com retorno em 3/1

Unesc em recesso, com retorno em 3/1
Atividades retornam ao normal em 3 de janeiro (Foto: Arquivo) Mais imagens

A Unesc entra em recesso a partir desta sexta-feira (23/12), retomando as atividades no dia 3 de janeiro de 2017. Durante o primeiro mês do ano, a maioria dos setores funcionará das 13h30 às 19h30. As aulas dos cursos de graduação do primeiro semestre de 2017 iniciam no dia 20 de fevereiro.

A exceção durante o recesso será o Iparque (Parque Científico e Tecnológico), que não realizará atendimentos nesta sexta-feira (23/12) e no dia 30 de dezembro de 2016 e no dia 1º de janeiro de 2017, mas funcionará normalmente de 26 a 29 de dezembro de 2016 e a partir de 2 de janeiro de 2017, das 8 às 17 horas.

A Biblioteca Professor Eurico Back segue o mesmo calendário da Universidade e ficará fechada desta sexta-feira até o dia 2 de janeiro de 2017, voltando a atender em 3 de janeiro, das 13h30 às 19h30.

As Clínicas Integradas também estarão de recesso até dia 2 de janeiro. De 3 a 27 de janeiro de 2017, a central de agendamentos, o SOS e o Serviço de Enfermagem funcionarão das 8 às 12 horas e das 13 às 17 horas. A Farmácia Escola, das 8 às 13 horas e das 13h30 às 17 horas. A Farmácia Solidária encerrará as atividades de 2016 nesta quarta-feira (21/12) e retoma o atendimento em 30 de janeiro de 2017. Os Serviços de Fisioterapia, Psicologia, Medicina  não funcionam até 30 de janeiro de 2017.

O CPJ
(Centro de Prática Jurídica), do curso de Direito, que engloba as Casas da Cidadania, CJC (Casa de Justiça e Cidadania - Justiça Federal) e o PAC (Posto de Atendimento e Conciliação) retoma as atividades em 9 de janeiro de 2017,  das 13h30 às 19h30. Já a UJC (Unidade Judiciária de Cooperação) segue o recesso e, a partir do dia 16 de janeiro de 2017 retorna suas atividades, das 13h30 às 17h30.

Fonte: Setor de Comunicação Integrada

Postado por: Milena Spilere Nandi 20 de dezembro de 2016 às 18:49
Compartilhar Comente