Setor de Comunicação Integrada

imagem do site
Newsletter Newsletter RSS RSS

Workshop aborda assuntos relacionados à pesquisa em saúde

Workshop aborda assuntos relacionados à pesquisa em saúde
Atividade é voltada para estudantes da graduação e dos PPGs (Foto: Divulgação) Mais imagens

Acadêmicos dos cursos de saúde e estudantes dos PPGs (Programas de Pós-Graduação) em Ciências da Saúde e em Saúde Coletiva da Unesc terão a oportunidade de debater a importância da pesquisa científica em sua formação em um diálogo pesquisadores de outras universidades. O 8º Workshop do Lafibe (Laboratório de Fisiologia e Bioquímica do Exercício) ocorre nesta sexta-feira (24/11) das 8h20 às 11h40 e das 14 às 17 horas, no Auditório Edson Rodrigues, localizado no Bloco P. As inscrições podem ser feitas diretamente no Lafibe, na sala 16 do Bloco S.

O Workshop promovido pelo Lafibe e pelo Grupo de Pesquisa em Proteção e Reparo Tecidual, que tem como líder o professor Paulo Cesar Lock Silveira, O evento conta como horas complementares para os estudantes.

A abertura ocorre às 8h20, e às 8h40, iniciam os debates. O professor doutor Rodrigo Della Méa Plentz, da UFCSPA (Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre) abordará o tema “Estimulação Elétrica Neuromuscular em Pacientes com Doenças Crônicas”.

Confira a programação

9h40 – 10h10: Coffee break
10h10 – 11h10: “Eletrotermofototerapia no Processo de Cicatrização de Feridas” – professora doutora Graciele Sbruzzi (UFRGS)
11h10 – 11h40: “Crioterapia na Regeneração Muscular” – professora mestre Daniela Pacheco dos Santos Haupenthal (Unesc)
12h – 14h: Intervalo para Almoço
14h – 15h: “Entendimento da Biologia do Metabolismo Pterinérgico no Cérebro” – professora doutora Alexandra Latini (UFSC)
15h – 15h30: Coffee break
15h30 – 16h30: “O papel do metabolismo da BH4 na dor inflamatória” – professora doutora Débora Schefer (UFSC)
16h30 – 17h: “Associação do Exercício Físico e das Nanopartículas de Ouro (GNPs) no Modelo Experimental de Esclerose Múltipla” – professora mestre Priscila Soares de Souza Victor (Unesc)

Fonte: Setor de Comunicação Integrada

Postado por: Milena Spilere Nandi 21 de novembro de 2017 às 14:54
Compartilhar Comente

Curso de extensão vai capacitar profissionais sobre a psicometria

Curso de extensão vai capacitar profissionais sobre a psicometria
Aulas são direcionadas para psicólogos e estudantes da área (Foto: Divulgação) Mais imagens

Um curso de extensão na Unesc vai atualizar profissionais e estudantes de Psicologia sobre a área da psicometria. A capacitação “Aplicação de Instrumentos Psicométricos” ocorre em quatro datas: 23 e 29 de novembro e 5 e 6 de dezembro, das 19 horas às 22h30.

A troca de conhecimentos vai ser ministrada pela doutora em Psicologia Karin Martins Gomes, que vai compartilhar conhecimentos sobre os testes, formas e aplicações psicométricas.

O que é psicometria


A professora de Psicologia Nerilza Volpato Beltrame Alberton explica que a psicometria é utilizada para medir aspectos relacionados à memória. “A área auxilia, por meio de testes, os profissionais conhecerem seus pacientes na medição dos aspectos de memória, tensão, concentração, personalidade e emoção”, explica.

Ela ressalta ainda a importância do tema. “Os resultados destes testes são fundamentais para a conclusão de tratamentos e diagnósticos médicos”.

Os interessados podem se inscrever no e-mail sce@unesc.net ou pelo telefone 3431-2570.

Fonte: Setor de Comunicação Integrada

Postado por: Assessoria de imprensa 17 de novembro de 2017 às 10:44
Compartilhar Comente

Pós realiza palestra para profissionais de Enfermagem sobre Estomaterapia

Pós realiza palestra para profissionais de Enfermagem sobre Estomaterapia
A especialidade será abordada em evento gratuito em 24 de novembro (Foto: Divulgação) Mais imagens

Empreender: Desafios do Estomaterapeuta para o Futuro” é o tema da nova palestra que o Setor de Pós-Graduação da Unesc vai oferecer ao público. No dia 24 de novembro, os enfermeiros e professores da Universidade Karina Gulbis Zimmermann e Ronaldo Perfoll vão falar para profissionais de Enfermagem sobre a especialidade da prática do enfermeiro e como os profissionais que atuam na área devem se preparar para a atuação profissional nos próximos anos. A palestra ocorre na sala 1 do Bloco O da Universidade, às 19 horas e é gratuita.

Segundo a Sobest (Associação Brasileira de Estomaterapia), a especialidade foi instituída no Brasil em 1990 e é voltada para a assistência às pessoas com estomias, fístulas, tubos, cateteres e drenos, feridas agudas e crônicas e incontinências anal e urinária, nos seus aspectos preventivos, terapêuticos e de reabilitação em busca da melhoria da qualidade de vida.

Karina é graduada em Enfermagem, especialista em Saúde da Família, em Didática e Metodologia do Ensino Superior e em Condutas de Enfermagem em Pacientes Críticos. É mestre em Enfermagem e membro da Sobest. Articula, orienta e presta assistência as pessoas com estomias, feridas e incontinências, através de projetos de extensão, pesquisa e voluntariado.

Perfoll é formado em Enfermagem e especialista em Estomaterapia, em Desenvolvimento Gerencial de Unidades Básica, em Didática e Metodologia do Ensino Superior e em Educação Profissional na Área da Saúde e é mestre em Ciências da Saúde. Articula, orienta e presta assistência as pessoas com estomias, feridas e incontinências.

Pós Unesc

Aos enfermeiros interessados em atuar na área, a Unesc está com inscrições abertas para a especialização em Enfermagem em Estomaterapia. Com duração de 20 meses, o curso tem aulas quinzenais às sextas-feiras das 19 às 22 horas e aos sábados das 8 às 12 horas e das 13 às 17 horas.

A pós-graduação tem o objetivo de preparar o enfermeiro para atuar no campo de Estomaterapia, voltado para à sistematização de assistência de Enfermagem, com enfoque na integralidade no atendimento, prevenção, tratamento e reabilitação do paciente com estomias, feridas e incontinências.

Mais informações e inscrições com o Setor de Pós-Graduação da Unesc, localizado no térreo do Bloco P, no campus universitário, pelo e-mail pos@unesc.net ou pelo telefone (48) 3431-2626.

Fonte: Setor de Comunicação Integrada

Postado por: Milena Spilere Nandi 16 de novembro de 2017 às 17:39
Compartilhar Comente

Projeto de extensão é apresentado no Seminário Urbanismo na Bahia

O artigo “Bairro (de) Progresso - Relatos do Habitat Saudável e Sustentável” foi apresentado na última semana no Seminário Urbanismo na Bahia (UrbBA[17]), que ocorreu em Salvador. O evento teve como sede a Faculdade de Arquitetura da Universidade Federal da Bahia, e teve como tema o “Urbanismo em Comum”, promovendo debates relacionados às novas formulações do urbanismo enquanto tecnologia social.

A estudante do curso de Arquitetura e Urbanismo da Unesc, Liliana Esteves Morais, representou o projeto de extensão “Habitat Saudável e Sustentável” desenvolvido no Bairro Progresso, em Criciúma, dentro das atividades do Programa Território Paulo Freire. “O projeto é fruto de uma relação interdisciplinar, em conjunto com os cursos de Psicologia e História, relatando a atuação da extensão universitária e os saberes que derivam da interação universidade-sociedade. O projeto adota referenciais do educador Paulo Freire, visando a autonomia e a dialogicidade, tendo como foco a extensão popular e libertadora”, afirma Liliana.

Fonte: Setor de Comunicação Integrada

Postado por: Milena Spilere Nandi 16 de novembro de 2017 às 09:30
Compartilhar Comente

Comunidade participa de mostra de projetos do Território Paulo Freire

Comunidade participa de mostra de projetos do Território Paulo Freire
Atividades ocorreram nesta quarta-feira (Fotos: Milena Nandi) Mais imagens

No meio de crianças, jovens e adultos que aproveitaram o feriado de Proclamação da República (15/11) para ir até a Escola João Frasseto, no Bairro Santa Luzia participar da mostra dos projetos de extensão do Programa Território Paulo Freire da Unesc, esteve o presidente da Associação de Moradores do Bairro Vila Manaus, Avelino Reissatti. Colaborando nas atividades realizadas durante a tarde e conhecendo melhor os 12 projetos oferecidos pela Universidade para a região da chamada “Grande Santa Luzia”, ele falou do quanto a atuação da Unesc junto à comunidade traz benefícios para a população. “O conhecimento que vem da Universidade fica aqui, é absorvido e levado para a vida”.

Reissatti participou do primeiro projeto do Território Paulo Freire na Vila Manaus, em 2014 e afirmou que as informações repassadas sobre Direito do Consumidor e Direito Trabalhista são utilizadas até hoje por ele na associação. “Os projetos realizados colaboram com a vida da comunidade”, comentou.

Mostra


Nas salas de aula da escola estiveram professores e alunos responsáveis pelas atividades de cada um dos 12 projetos do Programa. Em uma delas estava a aluna da décima fase do curso de Psicologia da Unesc, Isabela Tellis Rodrigues, bolsista no projeto “Habitat Saudável e Sustentável”. O projeto atua no Bairro Progresso com atividades em parceria entre os cursos de Psicologia, Arquitetura e Urbanismo e História e segundo a acadêmica, quer mostrar que um ambiente saudável para morar não diz respeito apenas ao espaço físico, mas também ao que está ao redor. “Conversamos com os moradores e demonstramos que todos são responsáveis pelo ambiente. Ainda desenvolvemos ações que possam materializar esses espaços de uso coletivo na comunidade”.

Já em outra sala estiveram a coordenadora da “Escola de Pais e Filhos”, a professora da Unesc Fabiane Ferraz. Ela e os bolsistas do projeto, alunos dos cursos de Pedagogia, Enfermagem e Direito, realizaram uma roda de conversa com o tema “Direito”, envolvendo adultos e atividades de pintura facial apara crianças.

Segundo ela, foi apenas uma mostra do que o projeto faz há quatro anos em três escolas de diferentes Bairros. “A cada mês realizamos uma roda de conversa com os pais e outra com os filhos. A linguagem é adequada a idade dos participantes e os temas são trazidos pela própria comunidade. Além dos três cursos, temos a colaboração do Programa de Residência Multiprofissional”, explica. Além disso, a cada semestre os professores das escolas escolhem cinco temas e os alunos repassam suas dúvidas a serem sanadas durante um encontro.

Para a coordenadora do Programa Território Paulo Freire da Unesc, Sheila Martignago Saleh, o evento foi bem prestigiado pela comunidade e cumpriu o objetivo de atender moradores de todas as idades e permitir que eles pudessem conhecer melhor o trabalho realizado.

A mostra contou ainda com apresentações musicais e de dança. Os visitantes também receberam lanche.

Território Paulo Freire

Há quatro anos, a Universidade realiza o Programa Território Paulo Freire, com  projetos em áreas como Saúde, Educação, Direito, Arquitetura e Urbanismo, Psicologia, Meio Ambiente e Informática. Eles reúnem pessoas de todas as idades em atividades que visam levar conhecimento e colaborar com a melhoria da qualidade de vida. O Programa é realizado por meio da Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão da Unesc.

Fonte: Setor de Comunicação Integrada

Postado por: Milena Spilere Nandi 15 de novembro de 2017 às 18:31
Compartilhar Comente