Setor de Comunicação Integrada

imagem do site
Newsletter Newsletter RSS RSS

Um auxílio para o aperfeiçoamento dos estudos em fases iniciais

Um auxílio para o aperfeiçoamento dos estudos em fases iniciais
Programa de Nivelamento oferece disciplinas de Matemática e Leitura (Fotos: Milena Nandi) Mais imagens

Alunos das fases iniciais de diversos cursos da Unesc podem contar com um auxílio para suprir defasagens de conteúdos. Por meio do Programa Institucional de Acompanhamento e Nivelamento de Estudos, os acadêmicos podem participar de aulas em um período fora do horário de sua graduação para aprimorar os conhecimentos em áreas relevantes para a sua aprendizagem.

Para o primeiro semestre de 2017 estão sendo ofertadas gratuitamente as disciplinas de Matemática Básica e de Leitura e Produção Textual, com carga de 30 horas. As aulas iniciaram nesta segunda-feira (17/04), com a disciplina de Leitura e Produção Textual​​, ministrada pelo professor Richarles Souza de Carvalho. Já nas terças-feiras os estudantes participarão das aulas de Matemática Básica, com a professora Ledina Lentz Pereira.

Participam do programa, os acadêmicos que apresentam dificuldade nas áreas descritas e estão matriculados entre a primeira e quarta fase (exceto nos casos de acadêmicos indicados pelos coordenadores de curso ou pelo Sama - Setor de Apoio Multifuncional de Aprendizagem).

O Programa Institucional de Acompanhamento e Nivelamento de Estudos é desenvolvido pela Pró-Reitoria de Ensino de Graduação.

Fonte: Setor de Comunicação Integrada

Postado por: Milena Spilere Nandi 18 de abril de 2017 às 20:52
Compartilhar Comente

Cursos da Unesc têm qualidade reconhecida pelo MEC

Cursos da Unesc têm qualidade reconhecida pelo MEC
Mais graduações receberam conceitos 4 e 5 (Foto: Arquivo) Mais imagens

Poucos meses após o início do primeiro semestre de 2017, a Unesc já recebeu uma boa notícia relacionada à qualidade de seus cursos. A avaliação do MEC (Ministério da Educação) resultou em mais seis cursos considerados de referência, com notas 4 e 5 – de um máximo possível de 5 – no CC (Conceito de Curso). O conceito é a nota final dada pelo MEC aos cursos de graduação das Instituições de Ensino Superior no país. Ele é feito a partir de uma avaliação presencial e leva em consideração diversos pontos, como processo de aprendizagem, infraestrutura e qualificação dos professores.

Conforme a avaliação do MEC, o curso de Engenharia Química teve conceito 5 e os de Tecnologia em Cerâmica e Vidro, Farmácia, Fisioterapia, Educação Física – Bacharelado e Licenciatura, CC 4.

Para a pró-reitora de Ensino de Graduação da Unesc, Maria Aparecida Mello, a avaliação do MEC é um importante instrumento para aferir a qualidade dos cursos de graduação ofertados.

O reitor Gildo Volpato chama a atenção para os resultados positivos que a Universidade vem apresentando quando o assunto é ensino e lembra que isso é fruto de um trabalho coletivo. “Cada um de nós é responsável por fazer uma Instituição cada vez melhor. E nós temos professores, alunos e funcionários comprometidos com a qualidade. Além disso, o trabalho indissociável do ensino, da pesquisa e da extensão tem contribuído para o destaque da Universidade no âmbito nacional e internacional”, afirma Volpato.

Avaliações positivas

Desde 2016 o MEC vem divulgando resultados positivos de diversos cursos de graduação da Unesc que também tiveram sua qualidade reconhecida com CC 4 e 5.

No ano passado, receberam CC 5 os cursos de Artes Visuais - Licenciatura e Bacharelado, Processos Gerenciais a distância (que recebeu autorização para ser implantado), Ciências Biológicas (Bacharelado), Ciências Contábeis, Design de Moda (Unesc/Senai), Engenharia de Materiais, Gestão Comercial e Gestão em Segurança no Trânsito.

Com CC 4 estão os cursos de Administração – linha de formação Geral, Administração – linha de formação em Comércio Exterior, Arquitetura e Urbanismo, Biomedicina, Ciências Biológicas (Licenciatura), Ciências Econômicas, Design – ênfase em Projeto de Produtos, Direito, Educação Física (Bacharelado), Educação Física (Licenciatura), Enfermagem, Engenharia Ambiental e Sanitária, Engenharia Civil, Engenharia de Agrimensura, Engenharia de Produção, Engenharia Mecânica, Engenharia Química, Farmácia, Fisioterapia, Geografia, Gestão Comercial a distância, Gestão Financeira, Gestão de Marketing, Gestão de Recursos Humanos, História, Letras, Matemática, Medicina, Nutrição, Odontologia, Pedagogia, Processos Gerenciais, Psicologia, Secretariado Executivo e Física.

Fonte: Setor de Comunicação Integrada

Postado por: Milena Spilere Nandi 18 de abril de 2017 às 15:33
Compartilhar Comente

Unesc recebe visita de deputado estadual

Unesc recebe visita de deputado estadual
Cleiton Salvaro foi recebido pela Reitoria (Fotos: Mayra Lima) Mais imagens

A Universidade recebeu na tarde desta sexta-feira (7/4) a visita do deputado estadual Cleiton Salvaro. Ele foi recepcionado pela pró-reitora de Ensino de Graduação, Maria Aparecida Mello, pelo chefe de gabinete da Reitoria, Ricardo Pieri, pela coordenadora de Ensino da UNA SAU (Unidade Acadêmica de Ciências da Saúde), Mira Dagostim, pelo representante da Sala dos Municípios, Tiago Colombo e pelo coordenador do curso de Medicina da Unesc, Glauco Fagundes. Salvaro conheceu as Clínicas Integradas da Universidade e dois projetos na área da saúde e um na área da Educação de Jovens e Adultos.

Fonte: Setor de Comunicação Integrada

Postado por: Milena Spilere Nandi 07 de abril de 2017 às 18:24
Compartilhar Comente

Café com Ciência tem primeira edição de 2017

Café com Ciência tem primeira edição de 2017
Encontro ocorreu na sede da Acic (Fotos: Deize Felisberto) Mais imagens

O primeiro encontro de 2017 do Projeto Café com Ciência, uma parceria entre a Unesc e a ACIC (Associação Empresarial de Criciúma), ocorreu na noite desta quarta-feira (5/4), na sede da entidade e esclareceu dúvidas sobre o vírus Papilomavírus Humano, o HPV.

A professora doutora da Unesc Maria Inês da Rosa falou sobre os mitos relacionados ao tema. Um deles envolvendo o câncer de colo de útero. “Há uma crença de que todas as mulheres que possuem o HPV desenvolvem câncer de colo de útero, o que não é verdade. Temos mais de 150 tipos de HPV, 40 deles na região pélvica e nem todos provocam câncer”, afirmou.

O HPV é considerado doença sexualmente transmissível. Entre 80 e 90% da população já entrou em contato com o vírus alguma vez na vida, mesmo que não tenha desenvolvido lesão.

Maria Inês explicou que não existe tratamento para o vírus e, por isso, iniciou-se as pesquisas para o desenvolvimento de vacinas, já disponibilizadas na rede pública de saúde. “Também se criou outro mito com relação à vacina, de que a mesma não é segura, provocando reações e sequelas. A vacina é segura, prevenindo contra quatro tipos de HPV, e os pais devem levar seus filhos, meninos e meninas, para tomar as três doses indicadas”, reforçou. Em 2017, o Ministério da Saúde também passou a disponibilizar a vacina para meninos entre 12 e 13 anos.

O Café com Ciência é uma promoção do PPGCS (Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde da Unesc) e da ACIC voltada para toda a comunidade. O objetivo é estabelecer um diálogo informal com a população, levando informações e orientações a respeito da saúde que possam contribuir para a vida das pessoas. Os encontros ocorrem todos os meses sempre na sede da associação, com professores e pesquisadores da Universidade.

A próxima edição do Café com Ciência ocorre no dia 26 de abril.

*Com colaboração da assessora de imprensa da ACIC, Deize Felisberto

Fonte: Setor de Comunicação Integrada

Postado por: Milena Spilere Nandi 07 de abril de 2017 às 16:53
Compartilhar Comente

Trabalhadores da região podem contar com atendimento especializado

Trabalhadores da região podem contar com atendimento especializado
Atividades são desenvolvidas por professores e alunos nas Clínicas Integradas (Foto: Arquivo) Mais imagens

A Unesc tem um espaço reservado para o cuidado com a saúde dos trabalhadores. Trata-se do Nupac-ST (Núcleo de Promoção e Atenção Clínica a Saúde do Trabalhador), que presta atendimento para profissionais de todas as categorias. O objetivo é colaborar para que o trabalhador reestabeleça a sua condição plena de saúde, tanto física quanto psicológica. O Núcleo atende gratuitamente e, ao ingressar no serviço, o trabalhador é direcionado para uma atenção integral à sua condição de saúde, sendo encaminhado para a especialidade que mais necessita.

Os agendamentos para o serviço ocorrem durante todo o ano e os interessados podem entrar em contato com o Nupac pelo telefone (48) 3431-2651 e 3431-2654 ou pelo e-mail nupac@unesc.net. Os atendimentos ocorrem nas Clínicas Integradas da Unesc.

O local possui uma equipe multiprofissional voltada para uma atenção integral da saúde, visando a melhoria dos aspectos psicofisiológicos envolvidos diretamente no adoecimento do trabalhador por doença relacionada ao trabalho. Entre as áreas da saúde envolvidas estão Fisioterapia, Psicologia, Nutrição, Enfermagem e Medicina.

O coordenador do Núcleo, Willians Longen, explica que o Nupac está voltado especialmente para o atendimento de Dort (Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho), o que envolve problemas nos membros superiores (ombro, braço, cotovelo, antebraço e mão), na coluna vertebral (cervical, dorsal e lombar) e nos membros inferiores (neste caso se existe relação bem marcada com o trabalho que o indivíduo desenvolve ou desenvolvia). “O Núcleo atende também pessoas que não estão afastadas do trabalho mas que estão com disfunção musculoesquelética. Não há exigência de que a afecção tenha sido firmada oficialmente como sendo relacionada ao trabalho. As triagens também são voltadas para contribuir para tornar claro o tipo de disfunção e a existência ou não de causa laboral”, afirma Longen. 

Os atendimentos são realizados por profissionais de saúde e professores e estudantes de cursos da Unesc. Há também a participação de alunos do Mestrado Profissional em Saúde Coletiva da Unesc que estão com seus projetos de pesquisa voltados para o Núcleo.

Histórico

O Nupac é um projeto idealizado pelo Núcleo de Estudos e Pesquisas em Saúde do Trabalhador, ligado ao PPGSCol (Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva da Unesc). O projeto foi aprovado pelo MPT (Ministério Público do Trabalho) e em novembro de 2016, oficialmente lançado através da assinatura de um Termo de Cooperação Técnico Científica entre o MPT e o Núcleo de Estudos. Longen conta que houve o repasse de R$ 1 milhão ao Nupac, proveniente de multa a uma empresa de grande porte da região, revertendo o recurso para ações de recuperação e de promoção da saúde do trabalhador.

A primeira atividade de promoção da saúde ocorreu em dezembro de 2016 com servidores da área da saúde (hospitalar) e os atendimentos de reabilitação iniciaram em 20 de fevereiro de 2017.

As atividades do Nupac têm ainda a parceria da UNA SAU (Unidade Acadêmica de Ciências da Saúde). 

Fonte: Setor de Comunicação Integrada

Postado por: Milena Spilere Nandi 07 de abril de 2017 às 15:06
Compartilhar Comente