Setor de Comunicação Integrada

imagem do site
Newsletter Newsletter RSS RSS

Egressa Unesc é primeira colocada na seleção de doutorado na UFSCar

Egressa Unesc é primeira colocada na seleção de doutorado na UFSCar
Débora passou para o melhor Programa de Engenharia de Materiais da América Latina (Foto: Milena Nandi) Mais imagens

O primeiro lugar no processo seletivo atual para o doutorado em Ciência e Engenharia de Materiais da UFSCar (Universidade Federal de São Carlos), em São Paulo, tem a marca da Unesc. A egressa do curso de Engenharia de Materiais e do Mestrado em Ciência e Engenharia de Materiais da Universidade, Débora Cristina Niero Fabris, foi a primeira colocada na seleção e a partir de 21 de agosto inicia os estudos no melhor Programa de Pós-Graduação em Ciência e Engenharia de Materiais da América Latina.

“Soube que havia passado na seleção três horas depois de ter defendido minha dissertação na Unesc, no fim de junho. Estava sendo parabenizada pelo Mestrado quando recebi o resultado da UFSCar. Ainda não estou acreditando”, comenta a mestre em Ciência e Engenharia de Materiais.

Na Unesc, Débora desenvolveu pesquisa sobre materiais alternativos aos utilizados atualmente para a proteção individual de pessoas e blindagem de carros contra tiros. Na UFSCar, vai trabalhar a questão da balística na vitrocerâmica com uma das referências mundiais neste material, o professor doutor Edgar Dutra Zanotto.

O professor doutor do PPGCEM (Programa de Pós-Graduação em Ciência e Engenharia de Materiais) e pró-reitor de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão da Unesc, Oscar Montedo, foi quem orientou Débora no Mestrado. O primeiro contato que ambos tiveram foi quando ela, ainda estudante de graduação, participou do Programa de Iniciação Científica sob a orientação de Montedo. “Estamos felizes em ver esta conquista de uma egressa da Unesc. A Débora vai ter oportunidade de se desenvolver ainda mais”.

Plano traçado aos 16 anos

Aos 25 anos, Débora arruma as malas para deixar a casa dos pais, em Cocal do Sul, e passar pelo menos quatro anos em São Carlos, São Paulo, onde fará doutorado. Mas a mudança é apenas uma consequência de um planejamento de vida que ela fez aos 16 anos. “Consegui estudar com bolsa no CMG em Cocal do Sul e fiz técnico em Cerâmica. E como os professores que eu mais gostava eram da área de Engenharia de Materiais, o curso me chamou a atenção. Foi então que tracei a meta de seguir na área da pesquisa fazendo graduação, mestrado e doutorado”, conta Débora, que já planeja fazer pós-doutorado e atuar como professora e pesquisadora.

Fonte: Setor de Comunicação Integrada

Postado por: Milena Spilere Nandi 24 de julho de 2017 às 17:49
Compartilhar Comente

Unesc faz parte do grupo que avalia mestrados e doutorados brasileiros

Unesc faz parte do grupo que avalia mestrados e doutorados brasileiros
Pesquisadora do PPGCS faz parte da comissão da Capes (Foto: Divulgação) Mais imagens

A Unesc faz parte do grupo de IES (Instituições de Ensino Superior) com professores participantes da avaliação dos Programas de Pós-Graduação Stricto Sensu (mestrados e doutorados) do Brasil. A professora doutora e pesquisadora Vanessa Moraes de Andrade, do PPGCS (Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde da Unesc) está em Brasília esta semana (17 a 21/7) para colaborar com as avaliações dos mestrados e doutorados em Medicina.

O processo é realizado pela Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior) e a avaliação tem validade de quatro anos. Os cursos recebem conceitos que variam de 1 a 7. Pontos como proposta do programa, professores, alunos, produção intelectual e inserção social do programa são analisados. Em todo o país, serão avaliados de 3 de julho a 4 de agosto, 4.178 Programas de Pós-Graduação nas mais diversas áreas do conhecimento.

Vanessa faz parte da comissão de 26 pesquisadores convidados pela Capes para avaliar os mestrados e doutorados na área Medicina 1, onde se enquadra também o PPGCS da Unesc. “É uma grande honra poder participar de um grupo tão seleto. É um reconhecimento para mim e para a Unesc”, comenta Vanessa. “Esta avaliação é muito esperada por todos os pesquisadores do Brasil, pois é a partir dela que sabemos a nota do programa e o resultado do trabalho desenvolvido por toda a equipe dos PPGs”, afirma.

PPG de excelência


A Unesc é a única universidade não estatal de Santa Catarina a ter um PPG (Programa de Pós-Graduação) na área da saúde a aparecer no catálogo da Capes de 2016 na lista dos programas considerados como de excelência em todo o Brasil.

Só os programas considerados de excelência (notas 6 e 7) foram listados, por região do país e por área do conhecimento. O PPGCS da Unesc foi indicado por possuir nota 6.

No Sul do Brasil, o catálogo citou dez Instituições de Ensino Superior, sendo seis no Rio Grande do Sul, duas em Santa Catarina e duas no Paraná. No Estado, apenas a UFSC e a Unesc apareceram na publicação.

Fonte: Setor de Comunicação Integrada

Postado por: Milena Spilere Nandi 18 de julho de 2017 às 18:18
Compartilhar Comente

Mestrados com inscrições abertas para disciplinas isoladas

Mestrados com inscrições abertas para disciplinas isoladas
São 19 opções de disciplinas em três Programas de Pós-Graduação (Foto: Arquivo) Mais imagens

A Unesc está com inscrições abertas para disciplinas isoladas em seus mestrados em Educação, Direito e Desenvolvimento Socioeconômico. No total, os três PPGs (Programas de Pós-Graduação) oferecem 19 disciplinas isoladas, com inscrições que ocorrem entre julho e agosto de 2017.

O PPGE (Programa de Pós-Graduação em Educação) oferece as disciplinas de Teoria e Método na Pesquisa em Educação; Educação em Paulo Freire: Pressupostos e implicações; Patrimônio Educativo, Cidadania e Cultura Escolar; Universidade e Formação de Professores; Educação Crítica em Guy Debord; Referências do Pensamento Pedagógico Decolonial Indígena, Africano e Latino-americano; Educação, Escrita de Si e Identidade e Teoria da Atividade e Psicologia Histórico Cultura. As matrículas podem ser feitas de 17 de julho a 4 de agosto.

O Mestrado em Desenvolvimento Socioeconômico da Unesc oferece as disciplinas isoladas: Trabalho e Movimentos Sociais; Trabalho, Tecnologia e Organizações; Desenvolvimento e Sustentabilidade; Informação e Conhecimento nas Organizações e Formação Econômica e Desenvolvimento Regional. As matrículas para as disciplinas isoladas do PPGDS (Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento podem ser feitas de 20 de julho a 4 de agosto.

Já para os interessados em cursar disciplinas no Mestrado em Direito, podem optar por: Direitos Humanos, Bens Comuns e Estudos Descoloniais; Criminologia e Direitos Humanos na América Latina; Direitos Humanos, Gênero e Políticas Públicas; Direitos Indígenas e Novos Direitos; Direitos Humanos, Novos Direitos e Litigiosidade e Direito, Políticas Públicas e Inclusão Socioeconômica. O PPGD (Programa de Pós Graduação em Direito) está com as matrículas abertas entre 27 de julho e 4 de agosto.

Mais informações sobre disciplinas isoladas

Mestrado em Educação


Mestrado em Desenvolvimento Sócioeconômico


Mestrado em Direito

Fonte: Setor de Comunicação Integrada

Postado por: Milena Spilere Nandi 13 de julho de 2017 às 17:19
Compartilhar Comente (1)

Universidade realiza evento de Ciência, Tecnologia e Inovação

Universidade realiza evento de Ciência, Tecnologia e Inovação
Novas tecnologias em diferentes áreas serão debatidas (Foto: Arquivo) Mais imagens

A Universidade realiza de 26 a 28 de junho, o Simpósio de Materiais e Sustentabilidade, primeiro evento da área na região. Ele vai ter a participação de professores, alunos, profissionais e representantes de empresas de diversos setores que atuam com inovação e sustentabilidade e terá a presença de pesquisadores como o professor doutor do Departamento de Engenharia Cerâmica e do Vidro da Universidade de Aveiro, em Portugal, João Antônio Labrincha Batista. Ele vai abrir o evento com a palestra “Sustentabilidade e Materiais”, em 26 de junho, às 19h30, no Auditório Ruy Hülse.

O Simpósio é um espaço para discutir novas tecnologias e produtos desenvolvidos por CT&I (Ciência, Tecnologia e Inovação). As inscrições para a apresentação de trabalhos já encerraram, mas os interessados em participar do evento como ouvintes podem se inscrever no link.

Segundo o professor do PPGCEM (Programa de Pós-Graduação em Ciência e Engenharia de Materiais da Unesc), Oscar Montedo, o Simpósio vai colaborar com a disseminação das atividades de ensino e pesquisa realizadas por alunos e professores do Mestrado em Ciência e Engenharia de Materiais. “Todas as palestras foram cuidadosamente escolhidas para abordar temas relevantes para professores, pesquisadores, alunos de graduação e pós de instituições de CT&I e empresas de segmentos como o cerâmico, metalúrgico, polimérico, cimentício e químico que atuem com inovação e sustentabilidade”, afirma.

Além de Labrincha, o evento terá ainda a presença de nomes como o dos professores doutores da USP, Jorge Alberto Soares Tenório, que vai falar sobre “Reciclagem e Tratamento de Resíduos”, e Fabiano Raupp Pereira, da UFSC, que abordará a “Obtenção de Materiais a partir de Resíduos”. A programação prevê ainda uma visita ao Iparque (Parque Científico e Tecnológico da Unesc).

O Simpósio é uma realização do PPGCEM (Programa de Pós-Graduação em Ciência e Engenharia de Materiais da Unesc), com o apoio Fapesc (Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina).

Mais informações

Fonte: Setor de Comunicação Integrada

Postado por: Milena Spilere Nandi 20 de junho de 2017 às 18:25
Compartilhar Comente

Unesc participa do Sociology of Law 2017

Unesc participa do Sociology of Law 2017
Evento ocorreu no início de julho em Canoas (Foto: Divulgação) Mais imagens

A Unesc esteve representada no Sociology of Law, um dos maiores congressos de Sociologia Jurídica da América Latina. A edição de 2017 do evento ocorreu na Universidade La Salle, em Canoas, Rio Grande do Sul, de quinta-feira a sábado (1º a 3/6). A professora doutora do PPGDS (Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Socioeconômico), Kelly Gianezini, coordenou o GT (Grupo de Trabalho) “Justiça Social, Educação e Políticas Públicas: novas perspectivas e antigos desafios contemporâneos”, juntamente com o professor da Universidade La Salle, Jacson Gross.

O Grupo de Trabalho coordenado pelos professores recebeu pesquisas e artigos, de pesquisadores de vários estados, como Bahia, Rio de Janeiro, Pará, Santa Catarina, São Paulo e Rio Grande do Sul, o que, segundo a professora da Unesc, fez com que a troca de experiências entre os pesquisadores fosse ainda mais interessante.

“O GT selecionou trabalhos que apresentaram investigação teórico-empírica – dialogadas com a sociologia jurídica – com o propósito de agregar trabalhos de pesquisadores de diferentes áreas com distintos saberes e com inquietações direcionadas para a justiça social, para a educação e para as políticas públicas. O intuito foi trocar experiências sobre estratégias de pesquisas interdisciplinares, identificando novas perspectivas e desafios para melhor compreender a complexidade dos fenômenos sociais de áreas conexas ao Direito as quais se encontram presentes na sociedade contemporânea”, explica Kelly.

Fonte: Setor de Comunicação Integrada

Postado por: Milena Spilere Nandi 06 de junho de 2017 às 18:03
Compartilhar Comente