Setor de Comunicação Integrada

imagem do site
Newsletter Newsletter RSS RSS

Mais conhecimento: Professores e Acadêmicos aprendem com programa de formação

Mais conhecimento: Professores e Acadêmicos aprendem com programa de formação
Encontro ocorreu nesta quinta-feira (Foto: Divulgação) Mais imagens

Os acadêmicos e professores da Unesc podem buscar o conhecimento além das salas de aula da Universidade. A Pró-Reitoria de Pós-graduação, Pesquisa e Extensão realizou mais uma edição do programa de formação para professores e acadêmicos Diálogos com a Extensão Universitária, na última quinta-feira (16/11).

Durante o encontro, a psicóloga Di Paula Minotto da Silva compartilhou informações sobre a temática "Processos grupais, sujeitos e território: Mobilização e organização de encontros nas comunidades”.

Fonte: Setor de Comunicação Integrada

21 de novembro de 2017 às 17:23
Compartilhar Comente

Unesc recebe exposição “OBA-OBA”

Unesc recebe exposição “OBA-OBA”
As obras que compõe o acervo são de dois importantes artistas locais (Fotos: Vitor Netto) Mais imagens

Com o objetivo de aproximar os acadêmicos da arte e da cultura dentro da Universidade, a Unesc realiza a exposição “OBA-OBA”. A mostra traz as obras de autoria de Gilberto Pegoraro e Jussara Guimarães e estão expostas na Sala Edi Balod, localizada no Bloco Administrativo.

A exposição vem com o intuito de resgatar parte da história dos artistas, que foram nomes importantes para os ateliês de Gravura e Serigrafia e de Escultura e Cerâmica do curso de Artes Visuais. Ela é gratuita e organizada pelos acadêmicos da quarta fase de Artes Visuais da Unesc.

“A mostra é um projeto desenvolvido durante a disciplina de Museologia em Arte e Expografia e o objetivo dessa atividade é por em prática os conceitos e processos discutidos durante as aulas”, explica a professora da disciplina e coordenadora da exposição, Daniele Zacarão.

De acordo com a professora, os alunos se empenharam integralmente para a realização da atividade. “Eles se apaixonaram pelo trabalho dos artistas. Realizaram entrevistas, pesquisaram em arquivos e visitaram coleções. Também estão organizando um pequeno documentário a partir de todas as referências coletadas”.

A acadêmica Helen Macedo faz parte do grupo que organizou a exposição. "Nós dividimos as funções entre turma e desenvolvemos o processo. Foi muito interessante, pois tivemos que ir atrás de tudo e descobrir realmente como se organiza e monta uma mostra de arte".

A escolha de Pegoraro e Jussara partiu dos próprios acadêmicos. Os artistas foram professores do curso, que nomeiam dois ateliês dentro da Unesc. "Tivemos um pouco de trabalho na coleta das informações e das obras. Realizamos pesquisas com as pessoas que foram mais próximas dos artistas para conseguir isso. Muitos moradores da cidade não conhecem eles, sendo que a Jussara por exemplo, teve suas obras expostas até no exterior”, ressalta Helen.

A abertura da exposição ocorreu na última semana e contou com a participação de artistas do Sul do Estado, que utilizaram do momento para fazer declarações sobre a importante atuação de Pegoraro e Jussara para o desenvolvimento da arte local.

O nome “OBA-OBA” remete ao apelido usado nas décadas de 70 e 80, para referir-se ao Bloco de Artes da Fucri (atual Bloco Z).

As obras podem ser vistas na Unesc até o dia 23 de fevereiro de 2018.

Fonte: Setor de Comunicação Integrada

Postado por: Assessoria de imprensa 21 de novembro de 2017 às 17:05
Compartilhar Comente

Seminário de Relatos de Experiências de Recuperação Ambiental ocorre em Siderópolis

Seminário de Relatos de Experiências de Recuperação Ambiental ocorre em Siderópolis
Evento vai apresentar ações realizadas em prol do Rio Mãe Luzia (Foto: Divulgação) Mais imagens

As ações as ações realizadas pelos municípios em 2017 em prol do Rio Mãe Luzia, serão apresentadas nesta quarta-feira (22/11) durante o 2º Seminário de Relatos de Experiências de Recuperação Ambiental, que ocorre no Centro Social Urbano de Siderópolis, das 13h30 até 17 horas. As ações foram resultantes da assinatura do Tratado pela Restauração e Revitalização do Rio Mãe Luzia em junho deste ano, quando ocorreu o 1º Giro Ciclistico Rota Rio Mãe Luzia.

Além da participação dos municípios na divulgação de ações efetivas de 2017, o evento terá uma palestra sobre os “Desafios do Direito Ambiental no Século 21” com o procurador público federal Anderson Lodetti de Oliveira.

O Seminário é uma realização do Fórum Permanente de Restauração e Revitalização do Rio Mãe Luzia, juntamente com a Unesc, as Câmaras de Vereadores dos municípios de Treviso, Siderópolis, Nova Veneza, Criciúma, Forquilhinha, Maracajá, Araranguá e Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Araranguá.

Fonte: Setor de Comunicação Integrada

Postado por: Milena Spilere Nandi 21 de novembro de 2017 às 15:33
Compartilhar Comente

Workshop aborda assuntos relacionados à pesquisa em saúde

Workshop aborda assuntos relacionados à pesquisa em saúde
Atividade é voltada para estudantes da graduação e dos PPGs (Foto: Divulgação) Mais imagens

Acadêmicos dos cursos de saúde e estudantes dos PPGs (Programas de Pós-Graduação) em Ciências da Saúde e em Saúde Coletiva da Unesc terão a oportunidade de debater a importância da pesquisa científica em sua formação em um diálogo pesquisadores de outras universidades. O 8º Workshop do Lafibe (Laboratório de Fisiologia e Bioquímica do Exercício) ocorre nesta sexta-feira (24/11) das 8h20 às 11h40 e das 14 às 17 horas, no Auditório Edson Rodrigues, localizado no Bloco P. As inscrições podem ser feitas diretamente no Lafibe, na sala 16 do Bloco S.

O Workshop promovido pelo Lafibe e pelo Grupo de Pesquisa em Proteção e Reparo Tecidual, que tem como líder o professor Paulo Cesar Lock Silveira, O evento conta como horas complementares para os estudantes.

A abertura ocorre às 8h20, e às 8h40, iniciam os debates. O professor doutor Rodrigo Della Méa Plentz, da UFCSPA (Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre) abordará o tema “Estimulação Elétrica Neuromuscular em Pacientes com Doenças Crônicas”.

Confira a programação

9h40 – 10h10: Coffee break
10h10 – 11h10: “Eletrotermofototerapia no Processo de Cicatrização de Feridas” – professora doutora Graciele Sbruzzi (UFRGS)
11h10 – 11h40: “Crioterapia na Regeneração Muscular” – professora mestre Daniela Pacheco dos Santos Haupenthal (Unesc)
12h – 14h: Intervalo para Almoço
14h – 15h: “Entendimento da Biologia do Metabolismo Pterinérgico no Cérebro” – professora doutora Alexandra Latini (UFSC)
15h – 15h30: Coffee break
15h30 – 16h30: “O papel do metabolismo da BH4 na dor inflamatória” – professora doutora Débora Schefer (UFSC)
16h30 – 17h: “Associação do Exercício Físico e das Nanopartículas de Ouro (GNPs) no Modelo Experimental de Esclerose Múltipla” – professora mestre Priscila Soares de Souza Victor (Unesc)

Fonte: Setor de Comunicação Integrada

Postado por: Milena Spilere Nandi 21 de novembro de 2017 às 14:54
Compartilhar Comente

Unesc oferece opção de Seguro Educacional para acadêmicos

Unesc oferece opção de Seguro Educacional para acadêmicos
Estudantes e responsáveis poderão aderir (Foto: Arquivo) Mais imagens

O estudante da Unesc já pode contar com um novo benefício. Trata-se do Seguro Educacional, um serviço que oferece auxílio para acadêmicos quitarem as mensalidades em caso de situações inesperadas.

Segundo a reitora Luciane Ceretta, a intenção é oferecer alternativas para que os estudantes consigam realizar o desejo de concluir o curso superior, sem que imprevistos os impeçam de continuar os estudos e a busca por um futuro melhor.

O seguro pode ser utilizado pelo acadêmico ou pela pessoa responsável (pai, mãe ou outro representante legal) por custear as mensalidades de seu curso. Pode ser utilizado por calouros e veteranos.

As coberturas oferecidas são em caso de morte do beneficiário; invalidez permanente total por acidente; perda de renda por desemprego involuntário; perda de renda por incapacidade física total e temporária e perda de renda por falência. Em todos os casos, o beneficiário receberá uma indenização para quitar a dívida com a Instituição.

O segurado pode utilizar o benefício após 60 dias da contratação do serviço e o tempo de espera para solicitar a indenização da cobertura ocorrerá entre 15 e 90 dias.

Para contratar o serviço, o aluno pode entrar em contato com a Centac (Central de Atendimento ao Acadêmico) para maiores informações e entrega do termo de adesão.

Fonte: Setor de Comunicação Integrada

Postado por: Milena Spilere Nandi 21 de novembro de 2017 às 09:42
Compartilhar Comente