AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

imagem do site
Newsletter Newsletter RSS RSS

Passado, presente e futuro reunidos para comemorar os 50 anos da Unesc

Passado, presente e futuro reunidos para comemorar os 50 anos da Unesc
Sessão solene foi realizada nesta sexta-feira na Universidade (Fotos: Mayra Lima) Mais imagens

Meio século de uma história construída com a participação da comunidade foi celebrada na noite desta sexta-feira (22/6) pela Unesc. O aniversário da Instituição foi comemorado em uma sessão solene do Consu (Conselho Superior Universitário) com a participação de acadêmicos, professores, funcionários e egressos da Universidade, pessoas da comunidade, profissionais e lideranças que marcaram a trajetória da Instituição e gestores da Unesc.

A reitora da Unesc, Luciane Bisognin Ceretta, deu as boas-vindas aos presentes e lembrou que a Instituição foi construída com a participação de toda a região. “Este é um momento histórico. O dia em que nos reunimos para olhar e refletir sobre o passado com gratidão, e trabalhar no presente com olhos no futuro. Somos uma Universidade construída com a força da sociedade. Nascemos da iniciativa de lideranças locais com visão empreendedora da vida e da sociedade. Este dia 22 de junho de 2018 representa a vitória de todos que acreditaram no sonho da educação. Sonho este que nos move, de maneira ainda mais arrebatadora, cinco décadas após a instalação da primeira instituição de ensino superior do extremo sul catarinense. Mais tarde consagrada como a primeira universidade e hoje o grande orgulho desta região”, ressalta.

A reitora fez deferência ao fundador da Fucri (Fundação Educacional de Criciúma), Ruy Hülse, prefeito de Criciúma em 1968.  “Deste gesto do doutor Ruy Hulse, que refletiu ousadia, comprometimento e visão, hoje colhemos os frutos. Nossa região foi impactada por um período de desenvolvimento importante. Cinco décadas se passaram e hoje temos um caminho pavimentado no conhecimento e repleto de significados. A Educação virá sempre em primeiro lugar, porque é ela quem protagoniza uma sociedade. Promove a cada novo amanhã a realização de sonhos. Essa é a herança deixada por todos aqueles jovens que reivindicaram uma escola de ensino superior no já longínquo 1968 e instituída pelo visionário Ruy Hulse”.

Em sua fala, Luciane agradeceu ainda aos ex-presidentes da Fucri e aos ex-reitores da Unesc – Edson Rodrigues, Antônio Milioli Filho e Gildo Volpato – e aos homenageados da noite, que representam a dedicação de muitas pessoas à Universidade, incluindo estudantes, professores e funcionários. “A Unesc é o conjunto de todos que por aqui passaram, de todos que aqui estão e de todos aqueles que ainda por aqui haverão de passar. Crescemos, sob os preceitos de uma missão muito simples, porém sempre desafiadora. A de educar, por meio do ensino, pesquisa e extensão, para promover a qualidade e a sustentabilidade do ambiente de vida. Na Unesc dos anos 2018, do alto dos seus 50 anos, novos caminhos se abrem. E estamos preparados para essas descobertas. Com os olhos voltados ao novo, sem medo do desafio, mas sem esquecer os valores, as pessoas, a ética”.

O ex-reitor da Unesc e atual secretário adjunto de Estado da Educação, Gildo Volpato, falou em nome dos homenageados na sessão solene. Segundo ele, o sentimento é de gratidão. “Cada um de nós, recebemos uma missão de conduzir e colaborar com a Instituição em um determinado momento histórico e contexto. Não tenho dúvidas que cada um de nós fez o que pode para o desenvolvimento da Unesc, com o apoio de toda a comunidade interna e externa. Penso que tomamos em cada época, decisões acertadas, por nos tornamos uma Universidade grande do ponto de vista quantitativo, com nossos 13 mil estudantes e qualitativo, sendo reconhecida no ensino, na pesquisa e na extensão. Esse é o momento de agradecimento pela oportunidade de termos feito parte da história da Unesc. Que venham os próximos anos. Junta à comunidade, a Unesc está preparada para o futuro”, afirmou Volpato.

O presidente da Acafe (Associação Catarinense das Fundações Educacionais), Günther Lother Pertschy, afirma que Santa Catarina é um exemplo de estado em que o desenvolvimento social e econômico tem a contribuição íntima das Universidades Comunitárias. “Falar sobre uma Instituição Comunitária, falar sobre a Unesc, resume-se em emoção, história e sucesso. Em cada local onde fazemos presença através das nossas instituições, sabemos que fazemos a diferença. O modelo de Universidade Comunitária é único no Brasil. Somos muito jovens e temos muito a contribuir. Somos instituições que pensam na qualidade do ensino e nos mantemos firme em fazer pesquisa, um ensino de qualidade e a extensão comunitária. Parabéns a esta comunidade, pois a Unesc nasceu dela. Comemorem muito esses primeiros 50 anos. Da forma que está sendo conduzida e das lideranças que vão dar continuidade, iremos comemorar muitos outros 50 anos da Unesc”.

O secretário de Estado da Saúde, Acélio Casagrande, salientou que a parceria da Unesc com os órgãos públicos é essencial para a comunidade regional. “Vamos continuar sendo parceiros. Vamos continuar apostando nos talentos que serão formados e estar de mãos dadas. Essa Instituição tem o diferencial de fazer acontecer pelas pessoas. Parabéns Unesc!”.

O presidente do DCE (Diretório Central dos Estudantes), Alexandre Bristot, ressaltou que a construção de uma Universidade Comunitária como a Unesc é feita por muitas pessoas. Ele lembrou dos serviços prestados pela Instituição para a comunidade como nas Clínicas Integradas e a Unidade Judiciária de Cooperação e da atuação dos estudantes, os protagonistas da Universidade. “Nada pode vencer a união de tantas pessoas que querem fazer o melhor”.

Também participaram da cerimônia o vice-reitor, Daniel Preve; a pró-reitora Acadêmica, Indianara Reynaud Toreti; o pró-reitor de Planejamento e Desenvolvimento Institucional, Thiago Fabris; a presidente da Associação dos Pós-graduandos, Tatiane Belettini; o vice-prefeito de Criciúma, Ricardo Fabris; o presidente da UCE (União Catarinense dos e das Estudantes), Lucene Magnus; a deputada estadual Ada de Luca; o presidente da Amrec, Helio Cesa e o vereador Ademir Honorato.

Parabéns a você

Performances envolvendo artistas da região, estudantes do Colégio Unesc e da Universidade e apresentações do Coral Unesc foram realizadas durante o evento sob a coordenação do Setor de Arte e Cultura. O mascote do Museu de Zoologia da Unesc, Pintado, interagiu com o público durante a solenidade. Os presentes ainda participaram do corte do bolo em comemoração ao cinquentenário. A Unesc ainda ganhou um coro de “Parabéns a você”.

Homenageados na sessão solene do Consu

Ruy Hülse – Institui a Fucri
Walmir Antônio Orsi – Ex-diretor presidente Fucri
José Alfredo Beirão – Ex-diretor presidente Fucri
Rodeval José Alves – Ex-diretor presidente Fucri
Alfredo José da Veiga Neto – Ex-diretor presidente Fucri
Robison Westphal – Ex-diretor presidente Fucri
Altaniro Furlaneto – Ex-diretor presidente Fucri
Altair Guidi – Ex-diretor presidente Fucri
Aloisio Stüpp – Ex-diretor presidente Fucri
Enio Coan – Ex-diretor presidente Fucri
Laênio José Ghisi – Ex-diretor presidente Fucri
Edson Carlos Rodrigues – Ex-presidente da Fucri e ex-reitor da Unesc
Antonio Milioli Filho – Ex-presidente da Fucri e ex-reitor da Unesc
Primeiro Pró-reitor Administrativo
Gildo Volpato – Ex-presidente da Fucri e ex-reitor da Unesc
Luciane Bisognin Ceretta – Presidente da Fucri e reitora da Unesc
Luiz Gonzaga Gonçalves – Primeiro presidente do DCE
Vanilde Citadini Zanette – Aluno da primeira turma da Unesc
Adriana Farias – Funcionário mais antigo da Unesc, que ainda está em atividade
Guiomar da Rosa Bortot – Professor mais antigo da Unesc, que ainda está em atividade
Antonio Serafim Pereira – Primeiro diretor de Pós-graduação
Joel Modesto Casagrande – Primeiro diretor de Extensão
Rosemari de Oliveira Duarte – Primeira pró-reitora Acadêmica
Adelor Lessa – Participante do movimento estudantil que instituiu o processo democrático na Fucri

Nasce a Universidade Comunitária da região

A Fucri (Fundação Educacional de Criciúma), fundada em 22 de junho de 1968, pela Lei Municipal número 697, durante o governo de Ruy Hülse, foi a primeira escola de nível superior criada no Sul de Santa Catarina. A entidade emergiu de um movimento comunitário regional que culminou com a realização de um seminário de estudos em prol da implantação do Ensino Superior no Sul Catarinense.

Em 3 de junho de 1997, o CEE (Conselho Estadual da Educação) aprova por unanimidade o parecer do Conselheiro Relator e, em sessão plenária, em 17 de junho de 1997, também por unanimidade, aprova definitivamente a transformação em Unesc (Universidade do Extremo Sul Catarinense), tendo a Fucri como sua mantenedora.

Em 11 de agosto do mesmo ano, a Universidade recebeu sua homologação, que equivale à “Certidão de Nascimento”. Em 18 de novembro ocorreu a instalação oficial da Unesc, no Teatro Elias Angeloni, com a participação de autoridades, empresários, professores, alunos e funcionários da Instituição.

Unesc em 2018 

Melhor universidade não estatal de Santa Catarina segundo o RUF (Ranking Universitário Folha) 2017;
18ª melhor instituição não estatal do Brasil;
A Unesc está entre as 19 Instituições de Ensino Superior do Brasil a receber o selo de acreditação do CFM (Conselho Federal de Medicina) e da ABEM (Associação Brasileira de Educação Médica);
A Unesc figura no seleto grupo formado por 22% das 4.175 Instituições de Ensino Superior brasileiras que obtiveram aumento no conceito de qualidade de seus PPGs (Programas de Pós-Graduação) na avaliação da Capes;
Possui ainda o Iparque (Parque Científico e Tecnológico) que realiza parcerias e presta serviços para municípios da região e empresas de diversos estados brasileiros;
13.000 alunos de graduação, especialização, metrados e doutorados;
1.500 funcionários;
Mais de 1.000 pessoas que transitam diariamente entre as Clínicas Integradas, Unidade Judiciária de Cooperação e outros serviços dedicados à comunidade;
42 cursos de graduação;
48 cursos de especialização;
sete mestrados;
dois doutorados implantados e três em processo de implantação;
um mestrado em rede que está em construção juntamente com as Universidades do Sistema Acafe;
70% do quadro de professores é formado por mestres e doutores;
Mais de 200 projetos de extensão;
Mais de 100 projetos de pesquisa;
Mais de 60 grupos de pesquisa (A Unesc possui 25% dos grupos de pesquisa de todo o Sistema Acafe)

Nos últimos 50 anos:

31.404 certificados de alunos de graduação;
763 certificados de alunos de mestrado;
97 certificados de alunos de doutorado;
5.530 certificados de alunos de especialização (pós-graduação lato sensu) (de 1999 à 2018)

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Por: Milena Spilere Nandi 22 de junho de 2018 às 22:54
Compartilhar Comente

Unesc recebe evento da Fundação Vida Nova

Unesc recebe evento da Fundação Vida Nova
Primeira dama do Estado participou do evento nas Clínicas Integradas (Fotos: Marcelo Camilo) Mais imagens

A Unesc recebeu, na manhã desta sexta-feira (22/6) o evento da Fundação Nova Vida de entrega de doações para entidades de Criciúma. A primeira dama de Santa Catarina e presidente da Fundação, Nicole Torret Rocha Moreira, entregou 14 cadeiras de rodas para entidades e kits para asilos do município, em evento no hall das Clínicas Integradas.

Durante a cerimônia, Nicole conheceu melhor o trabalho do CER (Centro Especializado em Reabilitação) da Unesc e a história de pessoas com deficiência que utilizam o serviço ou são atendidos por entidades de Criciúma.  

O evento teve a participação da pró-reitora Acadêmica, Indianara Reynaud Toreti, da coordenadora do CER, Tatiane Macarini e da deputada estadual Ada de Luca.

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Por: Milena Spilere Nandi 22 de junho de 2018 às 17:41
Compartilhar Comente

Universidade recebe visita da primeira dama do Estado

Universidade recebe visita da primeira dama do Estado
Após encontro, Nicole Torret fez a entrega de cadeiras de rodas e kits para asilos (Foto: Vitor Netto) Mais imagens

A reitora da Unesc, Luciane Bisognin Ceretta, recebeu na manhã desta sexta-feira (22/6) a visita da primeira dama de Santa Catarina e presidente da Fundação Nova Vida, Nicole Torret Rocha Moreira. A visita de Nicole faz parte do percurso que ela está fazendo pelo Sul do Estado frente à Fundação. Na mesma visita à Universidade, a primeira dama entregou 14 cadeiras de rodas e kits para asilos da cidade, e o local escolhido para a entrega foi a Unesc, em evento no hall das Clínicas Integradas.

Na visita à reitoria, Nicole destacou a trajetória da reitora frente à Universidade. “A Luciane vem da Educação e passou por todos os caminhos do ensino até chegar à Reitoria”, destaca. Nicole ainda comentou sobre trabalho desenvolvido pela Reitoria. “Por todos os lugares que passo escuto falar sobre a reitora Luciane. Na minha própria visita à Unesc, eu escutei falar muito bem da reitora e da atual gestão”, acrescenta.

Para a reitora, o trabalho desenvolvido por Nicole na entidade é essencial. “É uma Fundação linda e que presta um serviço grandioso para toda a comunidade, bem como a Unesc também faz com seus mais diversos programas e projetos de Extensão. Esta visita representa a aproximação da Universidade com mais uma instituição que reforça o caráter comunitário da Unesc”, enfatiza.

A coordenadora do Museu de Zoologia da Unesc, Morgana Cirimbeli Gaidzinski, entregou um exemplar do livro do Museu para cada visitante. Também participaram do encontro a deputada estadual, Ada de Luca, a pró-reitora Acadêmica, Indianara Reynaud Toreti, a gerente da Gerência de Atenção ao Estudante, Mira Dagostim, e a assessora do gabinete e coordenadora do CER (Centro Especializado em Reabilitação) da Unesc, Tatiane Macarini.

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

22 de junho de 2018 às 14:30
Compartilhar Comente

Funcionários e professores da Unesc em clima de Copa

Funcionários e professores da Unesc em clima de Copa
Encontro para assistir à Seleção reuniu colaboradores (Foto: Leonardo Ferreira) Mais imagens

O clima de Copa do Mundo tomou conta da Unesc nesta sexta-feira (22/6). A Aprofrucri (Associação de Professores e Funcionário) reuniu os colaboradores em sua sede para acompanhar a vitória da seleção brasileira sobre a Costa Rica, com pipoca, pinhão, refrigerante e cachorro quente.

O presidente da associação, Michel Alisson da Silva, conta que o objetivo da ação é aproximar os colegas de trabalho. “Queremos promover a integração. Planejamos este momento há muito tempo, iniciamos reformas e melhorias para proporcionar a melhor experiência possível”, destacou o presidente.

Durante a transmissão da partida, o espaço foi elogiado pelos colaboradores. “Ficou um local acolhedor e a ideia de reunir os colegas é sempre bem-vinda. É importante ter estes momentos de relaxamento e união”, ressaltou o assistente de Llboratório Deivid Borges Paulino.

A iniciativa vai ser repetida na próxima partida da seleção brasileira, quarta-feira (27/6) às 15 horas, diante da Sérvia. Se o Brasil se classificar para as oitavas de finais também haverá transmissão.

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

22 de junho de 2018 às 15:21
Compartilhar Comente

Unesc recebe rádio Som Maior em comemoração aos seus 50 anos

Unesc recebe rádio Som Maior em comemoração aos seus 50 anos
Programa Adelor Lessa convidou pessoas que marcaram época na Universidade (Fotos: Leonardo Ferreira) Mais imagens

O dia de comemorar os 50 anos da Unesc iniciou com o programa especial Adelor Lessa transmitido do campus, com a participação de quem faz parte da Universidade atualmente e de quem fez no passado. A transmissão ocorreu na manhã desta sexta-feira (22/9) no Hall do bloco Administrativo, porta de entrada da Unesc. O programa também ficou marcado pelo anúncio da maior tiragem do jornal A Tribuna, com mais de 15 mil exemplares e um caderno especial sobre a Instituição.

O apresentador e diretor da rádio Som Maior, Adelor Lessa, contou que o objetivo da edição especial é comemorar, apresentar a história da Universidade e reafirmar sua importância para a região. “Hoje comemoramos o aniversário de uma das maiores instituições do sul do estado, nossa casa do conhecimento. Por aqui passaram e passam as pessoas que movimentam Criciúma. É o dia de comemorar a Nossa Universidade”, destacou Lessa.

Para a reitora, Luciane Ceretta, é uma alegria receber este reconhecimento. “É uma honra fazer parte deste momento, acompanhada de pessoas que fizeram tanto por esta história. Mas este momento não é só nosso, é dos acadêmicos, dos professores e dos funcionários, que diariamente trazem o melhor de si para a Universidade”, agradeceu a reitora.

Ao longo do programa, também passaram pelos microfones os últimos cinco reitores da Instituição, Gildo Volpato, Laenio Ghisi, Edson Rodrigues, Enio Coan e Antônio Milioli Filho, que foi recebido com grande emoção pelos presentes e reafirmou a importância da Unesc para a região. “A Universidade cresceu muito. Fez parte da minha vida e é a instituição mais importante do sul do estado. A grande responsável por tudo que conquistamos aqui”, afirmou Milioli.

Além dos ex-reitores, participaram os personagens que fazem parte da Universidade atualmente, como a coordenadora do Museu de Zoologia, Morgana Cirimbelli Gaidzinski e os pró-reitores, Tiago Fabris e Indianara Reynaud Toreti.

Unesc 50 anos

Comemorado suas cinco décadas de história neste 22 de junho, a Universidade realizou uma programação especial para comemorar a data. Na segunda-feira (18/6) ocorreu o lançamento da Escola de Gestores da Unesc. Na terça-feira (19/6) foi inaugurada a exposição sobre a história da Universidade. Na quarta-feira (20/6) a Universidade recebeu a Câmara de Vereadores de Criciúma, que realizou uma sessão solene em sua homenagem. Durante toda a quinta-feira (21/6), o campus sediou o Sarau Cultural, promovido pelo CDE, para acadêmicos da Universidade e estudantes de escolas da região no campus, das 13 às 22 horas.

A programação especial encerra em grande estilo com uma sessão solene do Consu (Conselho Universitário), em celebração aos 50 anos, e corte de bolo, nesta sexta-feira (22/6) às 19 horas, no Auditório Ruy Hülse.

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Por: Leonardo Ferreira Barbosa 22 de junho de 2018 às 08:53
Compartilhar Comente