AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Farmácia Solidária é apresentada na Câmara de Vereadores de Criciúma

Farmácia Solidária é apresentada na Câmara de Vereadores de Criciúma
Representantes do projeto falaram sobre as atividades realizadas com a comunidade (Fotos: Daniela Savi/Câmara de Vereadores) Mais imagens

O trabalho desenvolvido pela Farmácia Solidária, localizada nas Clínicas Integradas da Unesc, foi apresentado na noite desta terça-feira (14/5), durante sessão da Câmara de Vereadores de Criciúma. Os representantes do projeto; o presidente da Cruz Vermelha, Almir Fernandes; e a coordenadora do Serviço de Farmácia das Clínicas Integradas da Universidade, Marília Schutz Borges, fizeram uso da tribuna livre. O debate foi proposto pelo vereador, Edson Luiz do Nascimento.

O projeto é uma iniciativa sem fins lucrativos e entrega medicamentos gratuitamente para a comunidade. Todos os remédios disponibilizados na Farmácia Solidária são obtidos por meio de doações da comunidade, médicos, indústrias farmacêuticas e distribuidoras de medicamentos.

Em 2018, a Farmácia Solidária da Unesc realizou 30.480 atendimentos pessoais, por telefone e pelo WhatsApp. Destes atendimentos, 12.788 pessoas foram contempladas com medicação. As doações feitas ao longo do ano passado somaram R$ 1.357.206,70.  

 “Para nós, é um imenso orgulho, uma honra esse projeto tão benéfico para a comunidade. Seria muito bom se as pessoas se dessem conta do quanto esse projeto é importante”, afirmou o vereador.

“A Farmácia começou a ser pensada quando em visita a domicílios de pessoas que falecem em casa, se observava muitas sobras de medicamentos. A partir daí, surgiu o questionamento sobre o que fazer com esses remédios. Assim nasceu a ideia do projeto”, comentou o presidente da Cruz Vermelha.

Depois que os medicamentos chegam à Farmácia Solidária, passam por um processo de triagem, de modo que os acadêmicos do curso de Farmácia da Unesc, com supervisão de farmacêuticos, fazem a análise dos medicamentos, de suas condições e validade.

“Uma automedicação sem supervisão de um profissional pode levar a graves danos e, com esses medicamentos estando em casa, aumenta o potencial de risco. Pensando nisso, o programa tira os medicamentos dessas residências e oferece a quem precisa”, lembrou Marília.

Programa premiado

A Farmácia Solidária completa 13 anos de vida em 2019 e é um projeto construído e mantido por uma equipe multi-institucional que envolve a Unesc e entidades como a Cruz Vermelha, o Corpo de Bombeiros, a Polícia Civil e a Secretaria da Saúde de Criciúma.

Em 2016, a Farmácia Solidária recebeu o Troféu Viver SC por estar entre os dez Pequenos Bons Exemplos do Viver SC. O reconhecimento é uma ação do Diário Catarinense, que circula o estado em busca de iniciativas que ajudem as pessoas e o projeto venceu com 64,2% na votação popular. Além do poder de voto do público, uma comissão formada por profissionais do Diário Catarinense e outra formada por representantes do Icom (Instituto Comunitário Grande Florianópolis) e do Social Good Brasil fizeram parte da decisão.

*Com colaboração da assessora de imprensa da Câmara de Vereadores de Criciúma, Daniela Savi

Milena Nandi – Assessoria de Impensa, Comunicação e Marketing

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

15 de maio de 2019 às 10:21
Compartilhar Comente

Deixe um comentário

Ouça o que está escrito