AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Estudantes de Design projetam produtos inovadores em seus TCCs

Estudantes de Design projetam produtos inovadores em seus TCCs
Projetos como o móvel para pessoas da terceira idade foram apresentados pelos acadêmicos (Fotos: Divulgação) Mais imagens

Um mobiliário interativo para crianças de 4 a 6 anos que realizam atividades de ensino em casa, um móvel residencial para a terceira idade e uma central de automação para controlar pontos como iluminação e música no ambiente corporativo são alguns dos projetos inovadores criados por 21 estudantes do curso de Design – ênfase em Projeto de Produtos, da Unesc, para o TCC (Trabalho de Conclusão de Curso). Os projetos foram desenvolvidos ao longo do segundo semestre de 2018 e os produtos criados levam em consideração necessidades detectadas pelos acadêmicos.

A maioria dos projetos tem foco na parte ergonômica e, segundo o coordenador do curso de Design da Unesc, João Rieth, partiram da observação dos estudantes das demandas da sociedade. “Os alunos identificaram problemas como os de locomoção, devido a questões de saúde. Partiram do individual, mas o objetivo é que as soluções se transformem em algo para a coletividade”, afirma Rieth.  

Painel Bambini

Um móvel interativo para crianças dos 4 a 6 anos que têm aulas em casa foi ideia da aluna Anne Katerine Marques para o seu TCC. O Painel Bambini é um móvel no estilo Montessoriano, que desenvolve a autonomia infantil e contribui na organização da rotina de ensino em casa.

Na parte da frente, ele possui sete varetas com os dias da semana. Possui 20 peças em diferentes formas ao qual a criança coloca nas varetas: dez possuem adesivos das principais atividades a serem desenvolvidas no dia e as outras dez peças, adesivos para a criança, junto ao adulto, escrever ou desenhar a atividade que for realizar.

“A ideia surgiu com pesquisas sobre o homeschooling, um tema novo no Brasil, mas em alta em muitos países. Através de pesquisas com as famílias homeschoolers pude perceber que elas têm dificuldade em realizar uma rotina diária de ensino e também possuem dificuldades em desenvolver a autonomia em crianças de 4 a 6 anos. Então, levei isso em conta na hora de pensar o projeto”, conta Anne Katerine. Agora designer, pretende fazer testes e aprimorar o Painel Bambili para colocá-lo à disposição no mercado.

Móvel para pessoas da terceira idade

Um mobiliário residencial que diminua o impacto das perdas físicas e sensoriais causadas pelo envelhecimento biológico foi a ideia que Jhonata Formentin teve para o seu TCC. O desenvolvimento do projeto do móvel para pessoas iniciou em agosto de 2018.

“A ideia surgiu da vontade de se desenvolver algo diferente no ramo mobiliário. Conversando sobre o assunto com o meu orientador, chegamos à conclusão que móveis para o público da terceira idade não é algo muito pensado hoje em dia, então decidi trabalhar nesta ideia e desenvolver um suporte lateral de cama que permite ao idoso se deitar com mais facilidade, além de ajudá-lo a levantar com autonomia e protegê-lo contra quedas durante a noite de sono”, explica Formentin.

Segundo ele, a intenção é aprimorar o projeto e levar a ideia para o mercado.

Design e tecnologia

O agora designer João Luiz Flores Gomes, quis trabalhar em seu projeto um produto ligado à tecnologia – área que o motivou a fazer o curso de Design – ênfase em Projeto de Produtos da Unesc. Ele conta que já vinha trabalhando com vários tópicos do TCC durante a graduação e a pesquisa maior iniciou um pouco antes do início do segundo semestre de 2018. O projeto desenvolvido foi de uma central de automação controlada por um assistente pessoal, com comando de voz, interação visual com tela informações, coroa de ajuste de volume e que controle o ambiente em aspectos como iluminação, música, etc.

“O objetivo é amenizar a improdutividade encontrada nos escritórios de uso individual ou sala privada e solucionar os aspectos de desperdício que ocorrem nesses ambientes, como problemas com ruído, com temperatura, com produtos com mau design. Esta situação acarreta problemas na interação usuário e produto, deixando funcionários com fadiga e irritação”, comenta. 

A pesquisa de Gomes para o TCC “Solução Domótica voltada para a Produtividade em Escritórios de Uso Individual” foi dividida em questionários em Português e em Inglês e envolveu empresas e profissionais de diferentes áreas do Brasil e do exterior. “Pensamos em como essa interação iria acontecer com o usuário no ambiente corporativo. E por se tratar de um local de trabalho, foi levado em consideração que o produto não poderia chamar a atenção nem desviar o foco do usuário, causar confusão e possuir muitos botões, o que poderia gerar uma fadiga decisória no funcionário”.

Segundo Gomes, a intenção é dar continuidade à ideia, realizando novas pesquisas e testes com usuários. “Concluo o trabalho como um conceito de Design e que está aberto para novas pesquisas. Tenho interesse em continuar esse trabalho e com projetos semelhantes. Sempre fui apaixonado por tecnologia e foi essa paixão que me trouxe para área do Design. Quero me aproximar da área e das pessoas que estão envolvidas nela e o meu TCC permitiu isso”.

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

11 de janeiro de 2019 às 17:35
Compartilhar Comente

Deixe um comentário

Ouça o que está escrito