AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Pesquisadores do LAPIS participam de evento de Arqueologia no Paraná

Pesquisadores do LAPIS participam de evento de Arqueologia no Paraná
Evento contou com simpósios, mesas redondas e conferências apresentações orais e pôsteres (Fotos: Divulgação) Mais imagens

Os pesquisadores do Lapis (Laboratório de Arqueologia Pedro Ignácio Schmitz), ligado ao PPGCA (Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais) da Unesc, participaram do 11º Encontro do Núcleo Regional Sul da Sociedade de Arqueologia Brasileira, que ocorreu de segunda a quinta-feira (08/10 a 11/10) na UFPR (Universidade Federal do Paraná), em Curitiba, e teve como tema “Arqueologia, ação e coletividades”.

O encontro da SAB-Sul (Sociedade de Arqueologia Brasileira – Núcleo Regional Sul) ocorre bienalmente e tem como objetivo congregar pesquisadores, estudantes, profissionais e demais interessados na área da Arqueologia, atuando como espaço de divulgação de resultados, comunicação de trabalhos em andamento, propostas e discussões teóricas e metodológicas.

De acordo com o coordenador do Lapis, Juliano Bitencourt Campos, o encontro é um momento de promoção e difusão dos resultados das pesquisas, das ações de salvaguarda e de difusão do conhecimento em torno do patrimônio arqueológico. “A partir do tema, objetiva-se discutir não apenas as mais recentes pesquisas arqueológicas na região sul do Brasil e suas conexões, mas colocar em pauta questões relacionadas à profissionalização, à formação e à ética dos profissionais, o diálogo com a sociedade, os avanços em termos de métodos e técnicas e os resultados obtidos com as pesquisas”, comenta.

Além disso, o encontro também serviu para o compartilhamento de conhecimento. “De pensar a ciência arqueológica de forma colaborativa, em maior interação entre os processos educativos, culturais e científicos, articulando de forma indissociável o ensino, a pesquisa e a extensão”, acrescenta.

O evento contou com simpósios, mesas redondas e conferências, apresentações orais e pôsteres. Entre as mesas redondas, esteve a do coordenador, em parceria com dra. Neli Terezinha Galarce Machado (Univates), mediada pela dra. Dione da Rocha Bandeira (Univille).

Além disso, o evento contou com trabalhos apresentados por pesquisadores da Unesc:  “As famílias botânicas no Cotidiano Guarani”, de Giovana Cadorin Votre, Francisco Silva Noelli, Marcos Cesar Pereira Santos, Diego Pavei e Juliano Bitencourt Campos. “Zooarqueologia do Sambaqui Lagoa dos Freitas (SC-ARA-030): dados preliminares”, de Diego Dias Pavei, Caroline Borges, Marcos Cesar Pereira Santos e Juliano Bitencourt Campos. “Contribuição da geoarqueologia para o estudo de sítios antigos da área da Volta Grande, Alto Rio Uruguai, Sul do Brasil: morfoestratigrafia, geocronologia e sequência arqueológica da Foz do Rio Chapecó”, de Marcos César Pereira Santos, Mirian Carbonera e Antoine Lourdeau.

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

11 de outubro de 2018 às 20:41
Compartilhar Comente

Deixe um comentário

Ouça o que está escrito