AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Unesc celebra a história de Criciúma e é destaque na 30ª Festa das Etnias

Unesc celebra a história de Criciúma e é destaque na 30ª Festa das Etnias
Espaço da Universidade tem mais de cem metros quadrados e reúne arte, história, cultura e informação (Foto: Arquivo) Mais imagens

Um espaço para resgatar a cultura, celebrar a história de Criciúma e compartilhar conhecimentos na 30ª Festa das Etnias. Assim a Unesc está celebrando a diversidade na colonização do município. Em mais de cem metros quadrados a Universidade reuniu atrações artísticas, históricas, culturais e informativas, além de uma homenagem especial entregue na abertura do evento, terça-feira (11/9), pela reitora da Unesc, Luciane Ceretta, a todas as sete culturas que colonizaram o Sul de Santa Catarina. O estande da Instituição está disponível para visitação até domingo (16/9), último dia de evento, no pavilhão de exposições José Ijair Conti, em Criciúma.

Em 50 anos de história a Unesc contribuiu diretamente para o desenvolvimento da região. Por meio do ensino, da pesquisa e da extensão, a Instituição se fez presentes nas comunidades. “A Unesc ao completar cinco décadas de história neste ano, não poderia deixar de ser parceira desta celebração tão importante para a cultura local. Estas etnias representam nossas origens e a parceria que aqui estabelecemos é um dos grandes orgulhos da nossa Universidade. O trabalho realizado em cada edição me encanta”, destacou Luciane.



Unesc na Festa das Etnias


No espaço da Universidade, o público vai ter a oportunidade de conversar com uma equipe de professores, alunos e funcionários, conhecer os cursos e serviços oferecidos na Instituição, como Colégio Unesc; o Instituto de Idiomas; o Setor de Pós-Graduação; o Cedoc (Centro de Documentação e Memória da Unesc), e a Farmácia Solidária, que está disponibilizando uma caixa coletora de medicamentos para doações.

Destaques

Com grande destaque no evento, ainda no espaço da Universidade, está presente o Setor de Arte e Cultura, reconhecido como Ponto de Cultura pelo Ministério da Cultura, com seu Boi de Mamão e o Museu de Zoologia Professora Morgana Cirimbelli Gaidzinski, que apresenta um grande acervo de animais taxidermizados, um trabalho reconhecido nacionalmente em atividades educativas com crianças de escolas da região, o mascote Pintado e uma réplica do filhote de Tiranossauro Rex, que interage diretamente com o público. 

A coordenadora do Museu de Zoologia Professora Morgana Cirimbelli Gaidzinski, convida os visitantes a conferirem o espaço da Unesc e destaca surpresas encontradas no local. “Tenho certeza que quem passar pelo estande vai se surpreender. São inúmeras atrações que encantam e divertem interativamente com o conhecimento”, ressalta Morgana.
Segundo a diretora de Extensão, Cultura e Ações Comunitárias, Fernanda Sônego, o objetivo da Unesc é contribuir para o sucesso do evento. “É um momento de comemorar nossa história. A Festa já é tradição na cidade e a participação da Unesc está dando brilho ao evento”, destaca Fernanda.

Conheça o evento

Comemorando 30 anos em 2018, a Festa das Etnias ocorre de 11 a 16 de setembro e está reunindo mais de 70 mil pessoas no Centro de Eventos José Ijair Conti. Com 15 mil metros de cultura, gastronomia, arte, música e outras atrações, o evento está contando a história das sete etnias que deram início a Criciúma e região.

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

14 de setembro de 2018 às 18:19
Compartilhar Comente

Deixe um comentário

Ouça o que está escrito