AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Unesc promove atividades no Verão Mais do Balneário Rincão

A Unesc iniciou neste sábado as atividades do Verão Mais, projeto realizado em parceria com a prefeitura do Balneário Rincão e Jornal A Tribuna. O projeto iniciou às 7h30 deste sábado (05/01), na estrutura montada à beira-mar, próximo ao Verdão. O tempo nublado não afastou os veranistas que foram participar de atividades como circuito funcional, zumba, cabo de guerra, atendimentos de saúde, vôlei, distribuição de brindes, entre outras ações.

O Verão Mais Unesc estará na área central da praia nos finais de semana de janeiro, com atividades das 7h30 às 12h, e das 15h às 19h. Quem circulou pela estrutura montada na beira da praia, elogiou a iniciativa. "Nós ouvimos a propaganda e viemos aproveitar. Foi muito bom, fiz zumba, cabo de guerra e ainda ganhamos brindes", conta a veranista Adriana Pereira. Já Fabiana Felisberto Nepomuceno, que mora no Rio de Janeiro, elogiou a iniciativa. "Foi muito bom. Não perdi uma atividade. Vim com a mãe, tia, e a família toda".

Além das atividades esportivas, as crianças que foram ao local puderam participar de brincadeiras na cama elástica, mesa para pinturas e recreação que foram comandadas por professores e alunos da Universidade e dos cursos de Enfermagem, Nutrição, Psicologia, Odontologia, Farmácia e Educação Física e profissionais da prefeitura de Balneário Rincão.

A coordenadora do Verão Mais Unesc, Gisele Torri, afirma que o grupo de trabalho do projeto está se preparando para oportunizar uma boa experiência para quem passar pelo local. “Estamos em uma sinergia muito boa para fazer o melhor”.

Confira as atividades do primeiro final de semana: 

Programação Unesc na Praia do Rincão dias 05 e 06 de janeiro.

Período da Manhã

07h30: Caminhada orientada;

09h em diante; 

Stand com orientações de saúde;

Alongamento e terapia manual;

Escultura na areia, pintura e desenhos;

Futebol trave livre;

Voleibol e futevôlei;

Frescobol;

Bocha;

Espirobol

09h30 às 10h30 : circuito funcional;

09h30, 10h30, 11h30: cabo de guerra com sorteio de brindes;

09h45, 10h45, 11h45: pula corda gigante com sorteio de brindes;

11h: Zumba

 Período da Tarde: 

15h em diante: 

Stand com orientações de saúde;

Alongamento e terapia manual;

Escultura na areia, pintura e desenhos;

Futebol trave livre;

Voleibol e futevôlei;

Frescobol;

Bocha;

Espirobol

15h45, 16h45, 17h45: pula corda gigante com sorteio de brindes;

16h30 às 17h30 : circuito funcional;

17h: * Zumba (somente no sábado);

16h, 17h, 18h: cabo de guerra com sorteio de brindes.

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Por: Ana Sofia Schuster 05 de janeiro de 2019 às 08:57
Compartilhar Comente

Atletas concluem oitavo Desafio 24 horas de Natação Unesc

Com 270 quilômetros de prova, encerrou na manhã deste domingo (25/11) o oitavo Desafio 24 horas de Natação da Unesc. A competição teve início às 9 horas da manhã de sábado (24/11) e reuniu 40 atletas na piscina do Complexo Esportivo da Unesc.  Ao longo das 24 horas de prova, nadadores profissionais e amadores de toda a região que integraram as quatro equipes inscritas se revezaram na piscina. Os 12 integrantes das equipes foram divididos nas categorias A, até 30 anos, B, até 50 anos e C, acima de 50 anos, feminino e masculino. A prova de resistência teve como primeira colocada a equipe do Grêmio Fronteira, com 62.575 metros, seguida pela equipe Acquamix/Nadolu, com 58.350 metros, Unesc Educação Física, com 48.425 metros, e Unesc Projeto Travessia, com 38.425 metros. 

O Desafio 24 horas de Natação é uma atividade do Grupo de Pesquisa em Exercícios Aquáticos Avançados, que inclui professores e acadêmicos do curso de Educação Física da Unesc e realiza também atividades com idosos, adultos e crianças, como os projetos Lazer Ativo, Golfinhos, Tartaruga, Travessias, Pro-água e ainda o Educação Física Open de Natação. O coordenador do projeto, Luciano Acordi, salienta que o Desafio de Natação foi novamente um sucesso, com participação dos acadêmicos e nadadores da comunidade, que abrilhantaram o evento. “Foi um grande evento, com participação de nadadores e também alunos da casa participando. A cada ano ganhamos mais corpo e, o que é mais importante, fomentando a saúde, o esporte e a humanização gerada pela prática do exercício”, destacou o coordenador do projeto. Para ele esse é o resultado de todo investimento que o curso de Educação Física e a Unesc têm feito pela prática. 

Cerca de 40 alunos do curso de Educação Física e professores também se revezaram na organização, apoio e fiscalização da prova ao longo do sábado e domingo. A prova foi idealizada por alunos que nadavam à noite na piscina da Unesc e deram o start para a primeira maratona. "Tudo começou em 2002, num projeto chamado Humanização, que n época oferecia aulas de natação para os colaboradores, da Unesc, isso em 2002", explica o professor Luciano. Ao longo do tempo a competição foi ganhando adeptos e hoje conta com a participação de nadadores de diversas academias, clubes e até do Corpo de Bombeiros. O evento contou com o patrocínio da Água Mineral Cassetari, DCE da Unesc, Ducks Restaurante, Castelo Esporte, Doce Pão, Lohn Bier, Cebola Automóveis, The Point Restaurante e Lanchonete e 3LR.

Resultados:

Categoria A - até 30 anos

Masculino:

1º Alessandro Oliveira - 6.025 m
2º Carlos Possamai - 5.875 m
3º Alysson Barbosa - 5.825 m

Feminino:

1º Inês Pereira 6.225 m
2º Misleine de Souza 4.525 m
3º Janaina Motta 4.350 m

Categoria B - até 50 anos

Masculino

1º Mauricio Soares 7.325 m
2º Sérgio Pereira 7.300 m
3º Luciano Acordi 6.600 m

Feminino

1º Juliana Maragno 5.700 m
2º Tairine da Luz 3.575 m

Categoria C - Acima de 50 anos

Masculino

1º Luciano Sulino 3.475 m
2º Ubirajara Rigotti 2.300 m
 

Ana Sofia Schuster - Assessoria de Imprensa Unesc - AICOM

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Por: Ana Sofia Schuster 25 de novembro de 2018 às 17:31
Compartilhar Comente

Museu de Zoologia da Unesc promove décima Mostra Arte Animal

Museu de Zoologia da Unesc promove décima Mostra Arte Animal
Mais imagens

O Museu de Zoologia da Unesc Morgana Cirimbeli Gaidzinski promove, de 22 a 29 de novembro, a décima edição da Mostra Arte Animal. O tema proposto para a Mostra deste ano é “Aves Aquáticas”, e terá abertura nesta quinta-feira, nos espaços expositivos do Museu de Zoologia, no Bloco S da Unesc.

A Mostra Animal é o resultado de um Programa Educativo do Museu de Zoologia intitulado “Arte Animal”, oferecido às escolas das redes de ensino pública e privada do município de Criciúma e região.  “O Programa desenvolve exposições artísticas e culturais produzidas pelo público escolar, incentivando a criatividade e a sensibilização ambiental. Se caracteriza por atividades realizadas na escola e no museu ao longo do ano letivo, as quais culminam com a “Mostra Arte Animal”, explica a coordenadora do Museu, professora Morgana Cirimbelli Gaidzinski.

Na escola, os estudantes participam de estudos sobre as cores, texturas, expressão artística e produção de obras. Também aprofundam o conhecimento sobre os animais relativos à temática escolhida, bem como sobre a consciência planetária. No museu, fazem visitas direcionadas ao tema escolhido para o ano letivo e participam de aulas teórico-práticas e oficinas de sensibilização e produção artística. Após produzirem suas obras, os estudantes participam com elas da exposição artística e cultural “Mostra Arte Animal”.

“Este programa está sendo desenvolvido ao longo de 10 anos consecutivos com os alunos dos primeiros anos do Ensino Fundamental do Colégio Marista, de Criciúma, e já foi premiado nacionalmente com o Prêmio Darci Ribeiro de Educação em 2011”, conta a professora.

A visitação é aberta ao público e acontece no campus da Unesc, em Criciúma. Nesta quarta-feira o evento terá abertura no Auditório Ruy Hülse. Os trabalhos serão expostos no primeiro e segundo andar do Bloco S, da Unesc.

Ana Sofia Schuster - Assessoria de Imprensa Unesc

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Por: Ana Sofia Schuster 21 de novembro de 2018 às 19:27
Compartilhar Comente

Seminário Regional do Proesde debate educação e formação humana

Seminário Regional do Proesde debate educação e formação humana
Encontro marcou o encerramento das atividades no âmbito institucional do programa na Unesc (Fotos: Milena Nandi) Mais imagens

Mais de 250 pessoas debateram a educação e a formação humana na manhã deste sábado (10/11), durante o Seminário Regional do Proesde Licenciatura (Programa de Educação Superior para o Desenvolvimento Regional/Licenciatura), que ocorreu na Unesc. O evento encerrou as atividades no âmbito institucional do programa realizado pela Unesc e pelo Unibave em 2018 e propôs uma reflexão sobre desenvolvimento, aprendizagem, escola e formação de professores.

O seminário teve a presença da professora doutora do Departamento de Metodologia do Ensino do Centro de Ciência da Educação da UFSC e membro do Grupo de Estudos e Pesquisas sobre a Atividade Pedagógica da Faculdade de Educação da USP, Carolina Picchetti Nascimento. A palestrante falou sobre “As bases de organização de ensino em uma perspectiva histórico-cultural” e debateu com os participantes sobre o assunto. O mediador da conversa foi o professor doutor do PPGE (Programa de Pós-Graduação em Educação da Unesc), Vidalcir Ortigara.

“Se consideramos correta a afirmação de que o ensino é aquele que adianta o desenvolvimento, a questão que fica para nós professores é como devemos organizar o ensino para que promova realmente esse desenvolvimento”, comenta Carolina. A professora doutora ainda convidou a plateia para refletir sobre a direção que os docentes devem tomar para que a escola promova o desenvolvimento do sujeito dentro de uma perspectiva de coletividade.

“Não é fortuito dizer que com essas reflexões estamos pensando com base na teoria histórico-cultural. Aprender só faz sentido quando relacionado com a aprendizagem de todos e para todos. Quando se afirma que o papel da escola é socializar os conhecimentos mais elaborados e contribuir com o desenvolvimento do pensamento do sujeito, todas as ideias perdem o sentido se elas não estão no sentido de formar uma personalidade coletivista”, afirma.

Proesde Licenciatura

A coordenadora do Proesde Licenciatura, professora da Unesc Bruna Carolina de Bona, explica que ele é um programa de bolsa da Secretaria de Estado da Educação que consiste em um grupo de ações que relacionam ensino, pesquisa e extensão voltados à formação de professores capazes de intervir e contribuir na melhoria da qualidade da Educação Básica estadual por meio da organização curricular. “A intenção é debater e estudar a proposta, com o objetivo de colaborar com a melhoria contínua da educação para a região e para o Estado”.

A abertura do evento teve a participação da diretora de Extensão, Cultura e Ações Comunitárias da Unesc, Fernanda Sônego. Para ela, o seminário foi um importante momento de reunir os participantes do Proesde Licenciatura e membros de grupos de estudos e outros projetos para refletir sobre educação e como se pode fazer a diferença na formação da Educação Básica.

Além dos estudantes do Proesde Licenciatura da Unesc e do Unibave, o Seminário Regional contou com a presença de participantes do Pibid (Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência), subprojeto Educação Física da Unesc e Interdisciplinar do Unibave; do Programa de Residência Pedagógica – subprojeto Educação Física da Unesc, coordenação, professores e funcionários do Colégio Unesc, alunos e docentes do curso de Pedagogia da Universidade, integrantes do Gepefe (Grupo de Estudos e Pesquisa em Educação Física e Escola: Conhecimento e Intervenção), Gepmach (Grupo de Estudos e Pesquisa em Educação Matemática na Perspectiva Histórico-Cultural) e Gepoc (Grupo de Estudos e Pesquisa em Ontologia Crítica) da Instituição e acadêmicos de diversos cursos de Licenciatura.

Milena Nandi – Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Por: Milena Spilere Nandi 10 de novembro de 2018 às 15:31
Compartilhar Comente

Evento aborda os Desafios da Enfermagem em Atenção Primária

Evento aborda os Desafios da Enfermagem em Atenção Primária
Profissionais das três microrregiões do Sul catarinense estiveram reunidos na Unesc (Fotos: Milena Nandi) Mais imagens

Enfermeiros e profissionais da atenção primária da Amurel, Amrec e Amesc estiveram reunidos nesta terça-feira (6/11), no campus da Unesc, para o encontro “Desafios da Enfermagem em Atenção Primária”, realizado pelo Coren (Conselho Regional de Enfermagem de Santa Catarina). O evento marcou o início dos encontros que o Coren realizará, até o fim de 2018, em quatro cidades do Estado com o objetivo de reunir gestores e profissionais para abordar a PNAB (Política Nacional de Atenção Básica), oportunizar trabalhos em grupos e levantar propostas em nível local, regional e estadual que serão encaminhadas para as conferências de saúde.

Pela manhã, uma mesa redonda debateu a Política Nacional de Atenção Básica, com a participação da presidente do Coren/SC, Helga Bresciani, da gerente de Atenção Básica da Secretaria de Estado da Saúde, Carmen Delziovo, e do assessor do Conselho de Secretários Municipais de Saúde, Willian Westphal.

No período da tarde foram realizados trabalhos em grupo com a presença de facilitadores para definir propostas que foram validadas ao final do encontro, após a apresentação dos grupos.


Milena Nandi - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing 

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Por: Milena Spilere Nandi 06 de novembro de 2018 às 16:52
Compartilhar Comente