AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Projeto “Todos pelo Bairro” visita comunidades de Criciúma e realiza a doação de 400 kits de higiene e prevenção

Projeto “Todos pelo Bairro” visita comunidades de Criciúma e realiza a doação de 400 kits de higiene e prevenção
Iniciativa é um esforço coletivo da Unesc, do Bairro da Juventude e da Casa Mix (Fotos: Leonardo Ferreira) Mais imagens

A cada bairro, esquina e rua de Criciúma uma mesma cena alegre se repetiu na tarde desta sexta-feira (2/9): com um grande sorriso, crianças corriam para ver o homem aranha, a fada do dente, os unicórnios e receber um kit de higiene bucal. A ação “seu sorriso nos faz feliz” foi proposta pelo projeto “Todos pela saúde do Bairro”, um esforço coletivo da Unesc, do Bairro da Juventude e da Casa Mix para proporcionar mais qualidade de vida aos alunos atendidos pela instituição. Na oportunidade também foram entregues máscaras de proteção individual contra o coronavírus, uma necessidade identificada pela organização.

A iniciativa visitou as comunidades de maior vulnerabilidade social do município, realizando a entrega de 400 escovas de dentes, cremes e fio dental, doados pela Prefeitura Municipal de Criciúma. Além disso, os estudantes do curso de Odontologia da Universidade também socializaram orientações e fizeram a divulgação dos serviços gratuitos realizados pelo projeto para os alunos matriculados no Bairro. “Tem sido um período muito difícil. Essa visita do Bairro da Juventude, Unesc e Casa Mix certamente vai nos ajudar muito, principalmente as nossas crianças. O sentimento é de gratidão, nos deixa muito felizes tê-los aqui”, contou a moradora de Criciúma e mãe de três alunos, Tomázia Pereira Costa.

A rota contemplou os bairros Pinheirinho, Boa Vista, Renascer e Ana Maria, locais onde um mapeamento prévio apontou o maior número de estudantes matriculados na instituição. Ainda assim, a caravana realizou paradas pelo caminho para acolher o maior número de pessoas possível. “Já que nossas crianças não podem vir até o Bairro, hoje a gente foi até elas para entregar itens de higiene e alegria. O intuito é atender as crianças matriculadas, mas com certeza todas as crianças que vieram até o ônibus foram muito bem acolhidas. Além dos materiais de higiene, também foi identificada a necessidade de entregarmos máscaras de proteção, item que por muitas vezes é de difícil acesso na comunidade”, explicou a professora da Unesc, Patrícia Just de Jesus Vanni.

Os kits doados à comunidade foram recebidos pelo projeto ainda no início do ano. Devido a pandemia, com serviços paralisados, os materiais não foram usados. “Precisamos então nos reinventar. Faz quase sete meses que não temos o contato diário com nossas crianças, mas estamos aqui agora, na comunidade, oferecendo informações de prevenção, realizando doações e matando a saudade de cada um”, destacou a coordenadora de assistência social do Bairro, Daiane Bento.

A iniciativa “Todos pela Saúde do Bairro” garante com que as crianças atendidas pelo Bairro da Juventude tenham acesso a consultas e tratamentos com professores e acadêmicos dos cursos de Odontologia e Medicina e profissionais do Programa de Residência Multiprofissional da Universidade, também envolvendo as áreas de Enfermagem, Psicologia, Farmácia, Fisioterapia, Nutrição e Educação Física.


Leonardo Ferreira - Agência de Comunicação da Unesc

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

02 de outubro de 2020 às 17:58
Compartilhar Comente

Projeto de Extensão da Unesc arrecada mantimentos para famílias de alunos de três escolas municipais

Projeto de Extensão da Unesc arrecada mantimentos para famílias de alunos de três escolas municipais
Ação faz parte das atividades do projeto “Escola de Pais e Filhos: diálogos entre universidade, escola e comunidade” e segue até o dia 19 de julho (Foto: Divulgação) Mais imagens

Foi iniciado neste sábado (11/7) e segue até o próximo domingo (19/7) mais uma ação do projeto de Extensão “Escola de Pais e Filhos: diálogos entre universidade, escola e comunidade”. Desta vez o projeto da Unesc promove uma ação social de arrecadação de materiais de higiene pessoal e limpeza e leite em prol de alunos e famílias atendidas pelas Escolas Municipais: Padre Carlos Wecki, Profa. Lili Coelho e José Contim Portella. As instituições de ensino, respectivamente localizadas nos bairros Cidade Mineira Velha, Vila Manaus e São Sebastião, fazem parte do Território Paulo Freire.

Conforme a coordenadora do projeto, Fabiane Ferraz, a equipe formada por acadêmicos da segunda fase do curso de Enfermagem está empenhada para garantir as doações para as escolas em questão, que fazem parte da rede pública de ensino do município de Criciúma e atendem famílias em situação de vulnerabilidade socioeconômica que se gravou durante esse período.

A arrecadação das doações está sendo realizada em sete pontos em Criciúma, sendo eles a Biblioteca Professor Eurico Back, o Ginásio Antônio Carrilho, do Colégio Unesc, a Clínica Escola de Enfermagem na Universidade, além dos pontos no Centro da Cidade, Supermercado Bistek (Bistekinho), a loja Fátima Criança, a loja De Lucca Confecções e, no bairro Santa Luzia, a Academia Body Action. No primeiro dia de arrecadações o grupo já soma 235kg de mantimentos. 

Além da arrecadação de materiais que formarão kits entregues nas escolas, o projeto Escola de Pais e Filhos é responsável ainda por estruturar materiais informativos sobre a Covid-19, bem como orientações de cuidados de higiene e limpeza. “Esse conteúdo foi criado para compartilhamento em grupos de WhatsApp, bem como, postados na plataforma Class Room (adotada pela Secretaria Municipal de Educação de Criciúma), para orientação das ações que as famílias devem realizar em casa com as crianças”, explica.

Lojistas ou empresários interessados em fazer parte da ação como ponto de coleta ou quaisquer interessados em realizações doações podem entrar em contato pelos e-mails gabrielaaldrovandi@unesc.net. ou fabi.ferraz@unesc.net.

Mayara Cardoso - Agência de Comunicação da Unesc

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

11 de julho de 2020 às 17:00
Compartilhar Comente

Clínicas Integradas recebem primeiros pacientes após início da retomada nos atendimentos

Clínicas Integradas recebem primeiros pacientes após início da retomada nos atendimentos
Retorno das atividades está sendo gradual e embasado em protocolos de segurança (Fotos: Mayara Cardoso) Mais imagens

O paciente do Centro Especializado em Reabilitação (CER) da Unesc, Alifer de Souza Melo, de seis anos, chegou animado à Universidade na tarde desta quarta-feira (17/6) para a consulta com seu psicólogo. Ele, assim como centenas de pacientes que recebem atendimentos nas Clínicas Integradas da Unesc, estava com saudades e pôde retomar seu tratamento com o retorno gradual das atividades na Instituição.

Os pacientes que tinham consultas agendadas para alguma das dezenas de especialidades disponíveis nas Clínicas Integradas estão voltando aos atendimentos nesta semana. Os atendimentos cancelados por conta do período em que as clínicas estiveram fechadas estão sendo reorganizados e o movimento no local já é diferente. Além da chegada de pacientes, o espaço teve sua estrutura também modificada e sinalizada com foco na prevenção à Covid-19.

A confiança de que a Universidade oferece um ambiente seguro seguindo todos os protocolos de segurança levou a criciumense Josimeire Alves de Oliveira à Unesc também nesta quarta-feira. Dessa vez ela esteve acompanhando a mãe em consulta na Clínica de Medicina e já na próxima semana estará de volta para a consulta da filha de sete anos. “Minha mãe veio de Siderópolis para a consulta. Trouxe os exames que precisava e mais uma vez foi atendida, o que para nós é sempre uma grande ajuda”, comentou.

Na Clínica de Odontologia a jovem Mariana Potrick Fritsh aguardava seu atendimento com os acadêmicos que já a conhecem. Isso porque há aproximadamente um ano Mariana recebeu a oportunidade de tratar problemas dentários na Unesc. “Para mim é muito bom. Quando não foi possível iniciar o tratamento de canal, por exemplo, eles me chamaram para fazer uma limpeza e em seguida iniciamos os cuidados mais específicos. Fiquei contente de podermos retomar hoje”, destacou.

A paciente está sendo atendida por acadêmicos da oitava fase do curso de Odontologia na disciplina de Clínica Integrada 3, reiniciada nesta semana após o período de aulas apenas mediadas por tecnologia. “Retomamos hoje e está sendo muito tranquilo. Seguimos o protocolo de aferição de temperatura, de orientações completas ao paciente e todos os procedimentos necessários para a segurança de todos nós”, salientou a professora da turma, Soraia Netto.

Operação completa

Os cuidados com o trânsito de pessoas na Universidade e nos locais de atendimento estão sendo estudados de forma completa. Conforme o secretário das Clínicas Integradas da Unesc, Marlon Gonçalves Zilli, as escalas de professores e acadêmicos em atividade no local, assim como a agenda de consultas está sendo diferenciada neste período.

“Dividimos a presença de turmas em apenas uma em cada um dos corredores na Clínica de Medicina, por exemplo, que conta agora com apenas dois professores por período em atendimento. Além disso, os agendamentos estão sendo feitos para períodos mais espaçados e os pacientes já são encaminhados aos consultórios após os procedimentos de triagem na chegada para que não haja aglomeração na recepção”, explica.

Os pacientes que tiveram consultas desmarcadas devem aguardar a equipe dos setores entrar em contato para o reagendamento no momento em que for possível.

Mayara Cardoso - Agência de Comunicação da Unesc

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

17 de junho de 2020 às 18:15
Compartilhar Comente

Biblioteca Unesc promove capacitações voltadas à comunidade

Biblioteca Unesc promove capacitações voltadas à comunidade
Temas da próxima semana serão “Citação e Referência”, “Bases de dados” e “Mendeley” (Foto: Arquivo Unesc) Mais imagens

Mesmo com a rotina de atividades alterada por conta da necessidade de distanciamento social, a Biblioteca Central Professor Eurico Back da Unesc não deixa de contribuir com acadêmicos e com a comunidade. Prova disso são as capacitações promovidas de forma virtual sobre os mais diversos assuntos de interesse acadêmico.

A programação para a próxima semana conta com três importantes temáticas abordadas e de acesso gratuito.

Na terça-feira (16/6) o assunto da capacitação promovida pela Biblioteca será “Citação e Referência”. A aula sobre o assunto será ministrada pela bibliotecária Eliziane de Lucca Alosilla às 15h. O link para acesso direto à sala do Google Meet é o meet.google.com/ayb-bnmq-dof.

Já na quinta-feira (18/6) o assunto abordado será “Base de Dados”, também a partir das 15h, sob comando da bibliotecária Eliziane de Lucca Alosilla. O acesso direto à sala poderá ser feito neste link: meet.google.com/qaz-ihrx-qyh.

Finalizando a semana, na sexta-feira (19/6), às 17h o professor Paulo Martins ministrará uma aula sobre o é um software gratuito Mendeley. Ele é desenvolvido pela empresa Elsevier, disponibilizado aos usuários para gerenciar, compartilhar, ler, anotar e editar artigos científicos. A aula poderá ser assistida no Google Meet pelo link meet.google.com/yqm-huaf-inz.

Mayara Cardoso - Agência de Comunicação da Unesc

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

12 de junho de 2020 às 17:11
Compartilhar Comente

Semana da Extensão da Unesc debate temas dos projetos comunitários inseridos no cenário atual

Semana da Extensão da Unesc debate temas dos projetos comunitários inseridos no cenário atual
Situação de catadores em tempos de Covid19 será abordada na palestra online de abertura (Foto: Divulgação) Mais imagens

“Educação não transforma o mundo. Educação muda as pessoas. Pessoas mudam o mundo”. A frase célebre do educador Paulo Freire, Patrono da Educação Brasileira, traduz bem o que o conhecimento faz. Os ensinamentos dele subsidiam diversas ações da Universidade, e quando o assunto é ligação com a comunidade não é diferente. A Unesc possui hoje mais de 200 projetos de extensão, desenvolvidos por professores e alunos nos diversos municípios da Amrec e da Amesc. Eles serão a base das atividades da Semana da Extensão, que iniciará neste sábado (2/5) e seguirá até 8 de maio. Neste ano, o evento será totalmente online, com palestras, oficinas, capacitações e visitas virtuais e fará uma conexão entre os assuntos trabalhados pelos projetos e o cenário atual com a pandemia de Covid19.

A programação do evento vai abrir sábado, às 19 horas com a palestra “A situação das catadoras e catadores em tempos de Covid19: Uma análise desde o contexto local ao global”, transmitida pelo canal da Unesc TV no YouTube. O tema vai ser abordado pela doutora em Ciência Política e pesquisadora da Wiego (uma rede global focada em garantir meios de subsistência para os trabalhadores pobres, especialmente mulheres, na economia informal), Sônia Maria Dias, e pelo professor da Unesc, doutorando em Ciências Ambientais e pesquisador sobre inclusão social de catadores, Mário Ricardo Guadagnin. O professor ainda coordena o projeto de extensão Coleta Seletiva Solidária.

Guadagnin chama a atenção para o fato de que no cotidiano das cidades há um número considerável de trabalhadores urbanos que tiram sua sobrevivência do exercício da profissão de catador de materiais recicláveis. A preocupação maior é evitar que a Covid19 seja levada das casas de pessoas contaminadas para as ruas e para os galpões de separação e triagem das associações e cooperativas e ou para as residências dos catadores autônomos. “Neste momento há um processo de invisibilidade sistêmica desta população. Para superar o novo desafio de sobreviver entre ruas e avenidas das cidades sem acesso ao material reciclável e, portanto, sem renda, os grupos de catadores precisam contar com o apoio de algumas organizações”, comenta.

No webinar de sábado, questões como quais ações efetivas estão sendo realizadas para atender os catadores e trabalhadores da base da cadeia de reciclagem e o que pode ser feito durante a pandemia para auxiliar catadores e outros trabalhadores informais serão levantadas e discutidas.

Programação variada

As palestras irão abordar assuntos como o uso do aplicativo Palma Escola na alfabetização mediada por tecnologias da informação e comunicação; violência de gênero contra mulheres em tempos de isolamento social; empreendedorismo; cuidados com o cuidador; gestão de cursos na agricultura familiar; compostagem domiciliar e filosofia para crianças. Todos os encontros online serão ministrados por professores da Unesc e profissionais convidados.

A Semana da Extensão contará ainda com oficinas de arte e cultura e visitas virtuais a espaços de criação e produção de artistas como o professor da Unesc, Sérgio Honorato, Letícia Garcez e Marina Guidi. O visitante da página do evento poderá ainda conhecer os projetos de extensão desenvolvidos pela Unesc em áreas como saúde, educação, direito, tecnologia e empreendedorismo. Os museus de Zoologia e da Infância também estão com atividades especiais agendadas, assim como o Centro de Documentação e Memória da Unesc (Cedoc).

A diretora de Extensão, Cultura e Ações Comunitárias da Unesc, Fernanda Sônego, lembra que com a pandemia do corona vírus, estamos vivendo um novo cenário, com períodos de distanciamento social que repercutem na relação entre as pessoas. Para ela, essa nova realidade traz consigo uma oportunidade de ressignificarmos, sermos criativos, reinventarmos e transformarmos o cenário que se apresenta.

“Movida pelo desejo de contribuir com esta transformação e aliada a comemoração do Dia da Extensão, uma equipe com pessoas de diversos setores da Unesc, professores e acadêmicos extensionistas, pensou em compartilhar de forma virtual parte do que a Universidade faz de tão lindo junto à comunidade. Será uma semana permeada por inúmeras possibilidades e ainda teremos momentos de encantamento vinculados à arte e cultura, museus e projetos. Os participantes poderão interagir, especialmente nas palestras e oficinas realizadas em tempo real. Serão momentos de trocas experiências e, sobretudo, muito aprendizado”, afirma.

Saiba mais

O Dia da Extensão é comemorado em 2 de maio. Em 2020, ela marca os 23 anos do falecimento de Freire, reconhecido mundialmente por suas contribuições ao processo de educação de trabalhadores e pela defesa de uma prática educativa que dialoga com a realidade das pessoas

Programação completa e inscrições 

Milena Nandi – Agência de Comunicação

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

29 de abril de 2020 às 16:10
Compartilhar Comente