AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Atleta Leonardo Schilling é contratado pelo clube Benfica

Atleta Leonardo Schilling é contratado pelo clube Benfica
Acadêmico do curso de Direito reforça a partir desta semana a equipe de Portugal (Foto: SL Benfica) Mais imagens

O atleta e acadêmico do curso de Direito da Unesc, Leonardo Schilling, é o mais novo contratado da equipe de natação do clube Benfica, de Portugal. Ele é uma grande aposta do clube para as competições nacionais e internacionais e promete ajudar a equipe com a experiência de 17 anos de conquistas nas piscinas.

Para Leonardo, que está em Portugal para a assinatura do contrato e os contatos iniciais com a nova equipe, esse é um momento de grande realização. “Estou muito feliz. Sempre foi um sonho representar o Benfica. Essa mudança é um o salto necessário para a minha carreira”, avalia.

Conforme o atleta, a negociação já vinha sendo realizada há mais um ano por meio do seu agente, Tharles Balen, do Grupo Ola, que concretizou as conversas nesta semana. “A proposta é ajudar a equipe, e fazer as provas de velocidade”, completa.

O plano para 2019, de acordo com Leonardo, é seguir com os treinos no Brasil e os estudos na Unesc. “Por enquanto, permanecerei treinando no Brasil, seguindo o plano de treinos do clube, terminando os estudos e mais para frente penso em residir em Portugal”, destaca. Sobre o papel da Universidade em sua trajetória, Leonardo destaca sua gratidão. “Meu plano de vida sempre foi ser um atleta profissional e com isso agregar a graduação. Nesse sentido a Unesc me adotou e sou muito grato por isso. Sempre carregarei no coração a minha universidade”, garante.

A notícia da contratação de Leonardo foi recebida com alegria na Unesc. O sentimento, conforme a coordenadora do setor de Esportes da Universidade, Gisele Torri, é de admiração e muito orgulho. “Ele é uma joia rara e já tem uma carreira brilhante. Para nós é um grande orgulho saber que ele leva o nome da Unesc e que agora dá mais um passo na sua história como atleta. Isso é merecimento dele e de sua família que batalham muito”, comenta.

Para a reitora da Unesc, Luciane Bisognin Ceretta, a satisfação com o resultado é imensurável. “A Unesc é um celeiro de oportunidades em todas as áreas, mas também de atletas. E o Leonardo é uma prova disso. Um aluno aplicado e que nos enche do orgulho a cada dia e a cada competição que participa. Sua determinação é um exemplo para todos nós. Não poderíamos estar mais felizes pelo reconhecimento obtido por ele através dessa contratação. Leonardo, além de um excelente desportista, é um ser humano incrível, que associa dedicação, empenho, competência a gentileza, educação e sensibilidade”, salienta.

O atleta tem o patrocínio de Unesc, Grupo Ola, Ávila & Cia da Saúde e HammerHead Sports. Ele é apoiado ainda por A Essência Farmacia, Iaff Academia, Kantamá Pilates, Colégio Marista, Itajaí FMEL, Diego Gerber, Carlos Fernandes, Angela Antunes, Brave New Life, Daniela Muniz, Café & Mistura, HT Fisioterapia, Ana Leila e Felipe Lisboa. 

Mayara Cardoso - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Por: Mayara Cardoso 18 de janeiro de 2019 às 19:04
Compartilhar Comente

Turma do Programa de Residência Multiprofissional da Unesc está com inscrições abertas

Turma do Programa de Residência Multiprofissional da Unesc está com inscrições abertas
Podem participar profissionais de Educação Física (Bacharelado), Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia, Nutrição, Odontologia e Psicologia (Foto: Arquivo 2018) Mais imagens

O processo seletivo para a nova turma do Programa de Residência Multiprofissional da Unesc está com inscrições abertas. A oportunidade, especial para profissionais de Educação Física (Bacharelado), Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia, Nutrição, Odontologia e Psicologia, segue até o dia 24 de janeiro. Os participantes poderão optar pela especialização em Atenção Básica/Saúde da Família ou em Saúde Coletiva e, aqueles que forem aprovados, receberão bolsas de estudo do Ministério da Saúde e desenvolverão atividades em Unidades de Saúde de Criciúma. São oferecidas nove vagas para a residência em Atenção Básica/Saúde da Família e 12 vagas para Saúde Coletiva. As inscrições devem ser realizadas das 13h às 19h na Pró-Reitoria Acadêmica, localizada no segundo pavimento do Bloco da Reitoria.

Segundo o coordenador da Comissão de Residência Multiprofissional, Jacks Soratto, o Ministério da Saúde concede as bolsas de estudo aos participantes, a Unesc oferta o aporte teórico e de formação e a Secretaria da Saúde de Criciúma, o campo prático para a realização das atividades. A especialização ocorre durante 24 meses, com uma carga de 5.760 horas, sendo 80% prática e 20% teórica.

Conforme o professor da Unesc, o objetivo é qualificar profissionais para desenvolverem práticas de promoção, prevenção e recuperação da saúde. “O Residência Multiprofissional se caracteriza pelo aprendizado no serviço. Desde a criação do SUS (Sistema Único de Saúde), entende-se ele como um local também de formação profissional e humana”, afirma Soratto. 

Na Unesc, o Programa de Residência Multiprofissional começou as atividades em 2010. Ele é coordenado pela professora Luciane Bisognin Ceretta e desenvolve o seu trabalho em 20 Unidades de Saúde de Criciúma. 

As linhas de pesquisa são variadas e abrangem diversas áreas do conhecimento. Os detalhes sobre cada uma delas e mais informações sobre o processo seletivo podem ser encontrados nos editais abaixo:

Residência Multiprofissional em Atenção Básica/Saúde da Família 2019/1

Residência Multiprofissional em Saúde Coletiva 2019/1

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Por: Mayara Cardoso 17 de janeiro de 2019
Compartilhar Comente

Centac amplia horário de atendimento em janeiro

Centac amplia horário de atendimento em janeiro
Local passa a funcionar das 9 às 19 horas a partir desta quinta-feira (Foto: Arquivo) Mais imagens

Os acadêmicos e futuros estudantes da Unesc ganharão mais tempo para realizar matrículas, renegociar mensalidades e tirar dúvidas durante o mês de janeiro. A Centac (Central de Atendimento ao Acadêmico) estenderá o horário de funcionamento a partir desta quinta-feira e ficará de portas abertas das 9 às 19 horas, de segunda a sexta-feira.

O horário especial vai até o dia 5 de fevereiro. A partir do dia 6, a Centac volta a atender em horário normal, das 8h30 às 21 horas, de segunda a sexta-feira.

Milena Nandi – Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Por: Milena Spilere Nandi 16 de janeiro de 2019 às 16:59
Compartilhar Comente

Unesc tem projetos aprovados pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico

Unesc tem projetos aprovados pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
Doze pesquisadores da Unesc receberão aporte financeiro do CNPq/Universal (Foto: Arquivo) Mais imagens

A Unesc colheu em 2018, os frutos dos investimentos em pesquisa que vêm sendo realizados há anos pela Instituição em diversas áreas. A pesquisa, em especial, fechou o ano com conquistas importantes, como a aprovação de três novos doutorados (em Educação, em Desenvolvimento Socioeconômico e em Ciência e Engenharia de Materiais) pela Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior) no segundo semestre. Além disso, no fim do ano, a Unesc teve a aprovação de 12 projetos de pesquisa pelo edital de Chamada Universal do CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico). Com isso, as iniciativas irão receber aporte financeiro para três anos de atividades, incluindo bolsas de iniciação científica para estudantes da Unesc.

Esse edital contempla projetos de todas as áreas do conhecimento. O CNPq – ligado ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações – realiza uma avaliação da importância científica e tecnológica do projeto e aprova os que considera como os melhores do Brasil.

Do montante dos recursos federais a serem destinados, 30% vai para o Norte e o Nordeste. Os outros 70% se dividem entre as regiões Centro Oeste, Sul e Sudeste. “Nossos pesquisadores estão em uma região muito competitiva. Especialmente em se tratando do eixo Rio-São Paulo, que concentra o maior número de pesquisadores e universidades. Aprovar 12 projetos em um edital Universal, independente dos valores, significa o reconhecimento da qualidade da pesquisa desenvolvida na nossa Universidade”, afirma o diretor de Pesquisa e Pós-Graduação, Oscar Montedo.

Segundo ele, os projetos que foram aprovados em 2018 estão vinculados a temas inéditos ou que o pesquisador já está aprofundando. Os 12 professores doutores contemplados pelo edital pertencem aos PPGs (Programas de Pós-Graduação): CEM (Ciência e Engenharia de Materiais); SCol (Saúde Coletiva); CS (Ciências da Saúde), DS (Desenvolvimento Socioeconômico) e E (Educação). Além dos projetos aprovados no edital de 2018 – que começa a vigorar em 2019 – a Unesc tem outros em andamento, e que foram contemplados no edital de 2016, com vigência de 2017 a 2019.

Incentivo à iniciação científica

Montedo explica que cada projeto contemplado recebe, além do valor conforme a faixa prevista no edital, recurso para o pagamento de um bolsista de iniciação científica durante três anos. “Com essa bolsa, contribuímos para formação integral do acadêmico ao inserir aspectos da pesquisa nos estudantes participantes do projeto. Essas bolsas colaboram com a qualificação do aluno e melhoram os indicadores de desempenho da Instituição”, considera.

Pesquisa em evolução 

O diretor de Pesquisa e Pós-Graduação da Unesc considera que a aprovação de três doutorados e de um número crescente de projetos na Chamada Universal do CNPq, faz parte de um processo de evolução da pesquisa na Universidade iniciado há alguns anos. “Com os recursos para a pesquisa no Brasil cada vez menores, ter 12 pesquisadores contemplados significa muito”, comenta.

Segundo Oscar, o apoio que a Universidade dá para a realização de estudos científicos, permite que os professores consigam reverter o fomento destinado em geração de conhecimento e produção científica. E as publicações destas pesquisas em revistas científicas reforçam a importância do que está sendo feito na Instituição. “Uma pós-graduação e uma pesquisa fortes melhoram a qualidade da graduação, porque esses professores também estão nestes cursos”.

Milena Nandi - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing 

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Por: Milena Spilere Nandi 16 de janeiro de 2019 às 14:01
Compartilhar Comente

Professores da Unesc vão compor Câmara Técnica do Crefito-10

Professores da Unesc vão compor Câmara Técnica do Crefito-10
Decisão foi tomada no início da última semana (Foto: Divulgação) Mais imagens

Os professores do curso de Fisioterapia da Unesc, Sandro Ressler e Willians Longen, vão compor a Câmara Técnica de Fisioterapia Traumato-Ortopédica do Crefito-10 (Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional de Santa Catarina). A decisão foi tomada no início da última semana.

Conforme Longen, as Câmaras Técnicas são responsáveis por analisar e emitir pareceres e prestar assessoria ao Conselho Profissional, atuando em casos que envolvem a Fisioterapia no campo da Traumato-Ortopedia. “É uma área de atuação do profissional de grande relevância, pois envolve a maioria dos transtornos de ordem ortopédica e traumatológica, perspectivas de promoção da saúde, prevenção de agravos e reabilitação musculoesquelética das pessoas”, esclarece.

O professor também destaca ainda a Câmara em evidencia no âmbito acadêmico. “A atuação da Câmara Técnica também está envolvida na graduação e no curso de Pós-Graduação Lato Sensu e Strico Sensu, envolvendo várias dimensões da funcionalidade humana”, completa.

Os docentes passarão a integrar a Câmara acompanhados de outros dos profissionais Issislan Kuhn, de Concórdia, e Marcos Lisboa, de Florianópolis.

Atuação


Os professores já contam com experiência em gestão de saúde. Como membros efetivos da Abrafito (Associação Brasileira de Fisioterapia Traumato-Ortopédica), Longen e Ressler presidem a Abrafito-SC em gestão de 2017 a 2019.

Os docentes também realizam trabalhos de orientação de estágio obrigatório nas Clínicas Integradas da Universidade. Longen também é professor pesquisador do PPGSCol (Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva) e professor coordenador do curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Fisioterapia Traumato-Ortopédica da Unesc.

Leonardo Ferreira - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Por: Leonardo Ferreira Barbosa 16 de janeiro de 2019 às 13:37
Compartilhar Comente