AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Pipocando Empreendedorismo oferece imersão na Unesc Rincão

Pipocando Empreendedorismo oferece imersão na Unesc Rincão
Comerciantes e lojistas da cidade receberam preparação para atuar com bons resultados na alta temporada (Fotos: Daniela Savi / AgeCom) Mais imagens

O casal de empreendedores Jader Alves Bitencourt e Daiana Moura Rangel tinha muitos sonhos, planos e metas. Há 15 anos no ramo de fabricação de móveis sob medida e móveis para ambientes corporativos, viram no Balneário Rincão um futuro promissor. Naturais de Santa Maria, no Rio Grande do Sul, resolveram abrir uma filial. A empresa, que está há cinco anos na cidade, vem crescendo e, para buscar mais desenvolvimento, emprego e rentabilidade, o casal entende que conhecimento é a chave do negócio. Pensando nisso, na noite desta quarta-feira (30/11) Daiana levou toda a sua equipe ao polo da Unesc, no Balneário Rincão, para o curso do Pipocando Empreendedorismo que teve como tema “Perspectivas para um time de alta performance em vendas”. O projeto integra o Núcleo de Empreendedorismo da Unesc e contou com a participação de diversos lojistas, comerciantes e empreendedores com foco na preparação para a alta temporada de verão que se aproxima.


“Para mim, foi uma experiência excelente, algo que estávamos esperando. Esse foi o primeiro de muitos”, comentou a empresária. Para ela, a qualificação é fundamental e necessária para o melhor atendimento aos clientes. “Precisamos qualificar tanto quem está chegando quanto para quem está no mercado de trabalho. Carecemos disso, e decidimos trazer toda a equipe porque o trabalho para ser resolutivo tem que ser em equipe. Vimos um futuro no Balneário Rincão e queremos desenvolver junto com o município”, argumentou.

 
Assim como Daiana, a gerente de uma ótica na cidade, Vanderleia Vitoretti, também aproveitou a oportunidade para ampliar os horizontes junto com a sua equipe de trabalho. “Para mim foi ótimo. Estamos sempre em busca de conhecimento para melhorar as nossas técnicas de venda e o nosso atendimento. Aprendi muitas coisas que ainda não conhecia, o que vai ser fundamental para o nosso trabalho. Queremos sempre dar o nosso melhor”, destacou ela, que tem mais de 20 anos de experiência na área. Vanderleia aproveitou, assim como os outros participantes do encontro, para solicitar mais cursos voltados para a área de vendas.


O grande resultado se deu também pelo volume de participantes, superando todas as expectativas do Núcleo de Empreendedorismo (NE) da Universidade. “Tivemos uma participação muito grande o que superou nossas expectativas. Essa imersão foi fundamental para que eles possam ofertar um atendimento de qualidade e conhecerem as técnicas existentes”, disse o coordenador Diogo Pereira Morais.

Negócios, empreendedorismo, aplicação de ferramentas que vão agregar no processo de contratação de pessoal, aprimoramento pessoal, perfil de capacidade e autoconhecimento fizeram parte da programação que durou, em média, três horas. “Foi uma grande troca de experiências, alinhando o empreendedorismo com a prática empreendedora. Tenho certeza que eles saem daqui colocando em prática já no dia de amanhã”, destacou Morais. “Ficamos mais felizes ainda porque eles querem outros cursos para o desenvolvimento de suas habilidades, o que nos motiva ainda mais”, acrescentou. 

 
Todo esse resultado aplicado no curso vai poder ser posto em prática no comércio local, como apontou a presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) do Balneário Rincão, Julia Saneripp. “Essa parceria da Unesc, CDL e Prefeitura é muito importante porque, sem dúvidas, vamos melhorar o nosso comércio. Estamos tentando trazer esse tipo de ação para aperfeiçoar as vendas, a contratação e consequentemente conquistar os turistas e moradores para comprar no nosso comércio”, ressaltou.

 
Julia lembrou que a cidade conta com uma grande proporção de lojas, comércio, principalmente bares e restaurantes.


Preparação


Toda essa preparação para a alta temporada de verão, também foi enfatizada pela Secretária de Educação e Assistência Social do Balneário Rincão, Jucilene Fernandes, que participou da ação. Ela destacou ainda as atividades do Núcleo de Empreendedorismo e da importância do polo Unesc para essas importantes atividades em prol da comunidade.


“É uma forma de se preparar para muito bem receber o turista e os moradores. Esse período de pandemia fez com que muitas pessoas que veraneiam, permanecessem aqui. Isso é um reflexo na procura por matrículas e por imóveis, por exemplo”, argumentou.

Além disso, segundo ela, na temporada ocorre o aumento da população, e por isso é importante essa preparação e essa orientação para o comerciante, o lojista e o empresário.

 
Futuro


Outros cursos também já estão sendo pensados para o próximo ano, como contou o coordenador do polo do Balneário Rincão, Valdenir Barbosa da Cruz. “Esse foi nosso segundo ciclo de encontros. O primeiro foi voltado aos alunos do Ensino Médio com foco na orientação vocacional e profissional, durante encontro com o projeto de extensão PDL Jovem (Programa de Desenvolvimento de Lideranças), que é vinculado ao Núcleo de Empreendedorismo da Unesc e agora com lojistas e comerciantes com foco no atendimento para a alta temporada”, comentou.

 
Segundo ele, o objetivo é um encontro por mês envolvendo temas diversificados e que vão ao encontro com as necessidades da população. “É uma forma também de aproximarmos cada vez mais da comunidade, por sermos uma Universidade Comunitária, e oportunizar muito conhecimento, trazendo ainda o desenvolvimento local e regional, por meio de parcerias, assim como essa”, enfatizou.


Oportunidades também para quem é bolsista


O bolsista Edemilson Mariot faz o curso de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos e participa das atividades colocando em prática tudo o que ele aprende em sala de aula, o que para ele, se torna uma grande oportunidade. 

 
“Como bolsista, estou tendo o contato com os aspectos práticos da profissão o que é fundamental. É um conhecimento adquirido na prática e ser bolsista me dá essa possibilidade, o que me agrega muito na formação”, mencionou. Mariot também faz parte da equipe do Núcleo, levando conhecimento para os participantes.


Objetivos do Pipocando


O Pipocando Empreendedorismo tem o objetivo de oportunizar espaços para reflexões sobre a liderança empreendedora, geração de ideias e ampliação de networking.


Trata-se de um programa que oportuniza uma formação paralela, além do ensino superior e pós-graduação. São momentos em que o participante amplia sua rede de relacionamento, além de agregar valor à sua formação, por meio da participação em cursos de curta duração, palestras, oficinas, minicursos, rodas de conversa, entre outras formas.


Também é um espaço onde profissionais que queiram socializar seu talento, podem inscrever propostas para oferecer, de forma gratuita, palestras, minicursos, oficinas, roda de conversas, imersões que estejam alinhadas aos cursos de graduação e pós-graduação.

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

01 de dezembro de 2021 às 13:41
Compartilhar Comente

Fenômeno no TikTok, acadêmico da Unesc conta experiência na Som Maior

Fenômeno no TikTok, acadêmico da Unesc conta experiência na Som Maior
André é um fenômeno recente nas redes sociais no Brasil / Fotos: Divulgação Mais imagens

Na última semana, quando foi entrevistado pela Agência de Comunicação da Unesc (AgeCom), o acadêmico André Francis, 21 anos, já contava com 47 mil seguidores no TikTok. Nesta segunda-feira (29/11), quando esteve na Rádio Som Maior contando detalhes do seu trabalho, inspirado nas experiências adquiridas na Unesc, André contabilizava 52 mil internautas consumidores do seu conteúdo.

O fenômeno que surgiu das lições aprendidas nas aulas de Ciências Biológicas para fazer sucesso na internet pautou o bate papo de André com a jornalista Pity Búrigo, no programa Ponto a Ponto. Durante a conversa, ele contou detalhes das curiosidades que apanha no mundo da Biologia e compartilha em linguagem acessível e de muita repercussão nas redes sociais.

André reforçou o sonho de ser pesquisador e professor na área. Ouça a entrevista no podcast repercutido pela Unesc Rádio.

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

01 de dezembro de 2021 às 08:02
Compartilhar Comente

Queimas de turfas são comentadas por professora da Unesc

Queimas de turfas são comentadas por professora da Unesc
Foto: Unesc TV / Reprodução Mais imagens

O mês de setembro foi marcado por incêndios de turfas em Araranguá. Com isso, nuvens de fumaça branca e de cheiro forte espalharam-se pela região. As queimadas foram controladas há cerca de uma semana pelo Corpo de Bombeiros, quando vários municípios já percebiam os resultados dos focos, identificados em duas regiões da cidade. Até em Criciúma a nuvem de fumaça foi notada.

A professora Yasmine da Cunha, do curso de Geografia da Unesc, tratou do tema no programa Nossa Unesc desta terça-feira (30/11). "A turfa é um produto natural, a partir de matéria orgânica, restos vegetais depositados em fundos de lagoas, pântanos, rios, e essa transformação da matéria orgânica inicial em turfa leva algum tempo. As nossas turfas têm 11,7 mil anos e elas precisam estarem cobertas por areia, argila, sedimentos e por uma lâmina d´água. Esses vegetais depositados ali não tem uma decomposição completa quando estão expostos ao oxigênio", relatou Yasmine, que coordena o Laboratório de Geoinformação Aplicada (LabGeo) da Universidade.

A professora explica que, em condições adequadas, a turfa passa a linhito e daí desenvolve-se o carvão metalúrgico. Mas isso exige um longo processo, que não chega a ser cumprido por conta da extração predatória da turfa para fins comerciais. "A nossa turfa aqui já está sendo explorada e tem havido produção de metano, como um gás combustível, então eles tem aqueles bolsões de metano dentro da turfa. As nossas turfas são de zona costeira, mas podemos ter turfas de altitude. No topo da Serra Geral, em locais mais encharcados, temos formação de turfa", detalhou.

Falta de chuva atrapalha

A estiagem é uma das razões para ocasionar as queimas de turfas, que tantos problemas voltaram a trazer para Araranguá e região. "Essa queima que tem trazido problemas até respiratórios para algumas pessoas, para quem já tem problemas crônicos, ela pode ser originada de diversas maneiras. Uma maneira de combustão natural seria a queima dos bolsões de metano pela própria seca, períodos de estiagem, mas também pode ter uma ação antrópica, de alguém que deu início a algum fogo, incinerou algum lixo, cigarro, questão de agricultura, fez alguma queima, também pode gerar essa combustão", analisou.

Yasmine colocou que o grau de dificuldade para controlar incêndios em turfas é dos maiores. "A área de turfa é muito extensa, os bombeiros se queixam com razão, o foco não está na superfície, está a 1 ou 2 metros de profundidade e pode estar a até 8 metros de profundidade. Nos manuais de combate ao fogo é considerado um dos piores de incêndios florestais, mais complexo, pois justamente os bombeiros não podem atuar na superfície, eles tem que encharcar o solo para poder atingir a profundidade onde está o foco do fogo. Não é fácil esse combate", comentou.

Também nesta edição do Nossa Unesc, a professora Yasmine falou também sobre o projeto de extensão Ambiente e Cidadania, que levanta um estudo de integração entre os planos de recursos hídricos das bacias hidrográficas do extremo Sul catarinense aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

Acompanhe a íntegra do programa clicando aqui. O Nossa Unesc é uma produção da Escola de Comunicação Criativa (EcoCria) da Unesc, e vai ao ar de segunda a sexta-feira, a partir das 20h15min, na RTV Criciúma, canal 19.1 em TV aberta para todo o Sul catarinense.

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

30 de novembro de 2021 às 21:43
Compartilhar Comente

Napoleão Bernardes palestra nos 25 anos do Direito da Unesc

Napoleão Bernardes palestra nos 25 anos do Direito da Unesc
Arquivo / AgeCom Mais imagens

Como parte da programação dos 25 anos do curso de Direito da Unesc, o professor Napoleão Bernardes será o palestrante da próxima semana. Ele estará em evento no Auditório Ruy Hülse na terça-feira (7/12), a partir das 19h, para proferir a palestra "Teoria e Prática do Princípio da Insignificância".

"Nesse semestre, para comemorar essa data tão especial, os 25 anos de nosso curso, estamos realizado um evento com diversas palestras e, dessa vez, teremos a satisfação de receber o professor Napoleão", confirmou a coordenadora do curso de Direito da Unesc, professora Márcia Schutz Lírio Piazza.

O evento será híbrido. Interessados em acompanhar presencialmente a palestra devem se inscrever pelo e-mail direito@unesc.net. A Unesc TV fará transmissão ao vivo por seu canal no Youtube.

Mestre e doutorando tem livro lançado

O tema da palestra é o título do livro lançado por Napoleão em 2019, publicação que surgiu a partir da dissertação para o mestrado em Ciência Jurídica. Em recente visita à Unesc, em setembro, Napoleão presentou o curso com um exemplar do livro, entregue à coordenadora.

"O livro aborda a fundamentação teórica e doutrinária, os efeitos penais e processuais decorrentes e a jurisprudência do STF, que é recente, sobre os critérios para incidência do Princípio da Insignificância em crimes patrimoniais, tributários, militares, ambientais, de perigo, contra a administração pública e relativos a drogas", explica Napoleão doutorando em Direito.

Formado pela Universidade Regional de Blumenau (Furb), onde é professor, Napoleão sempre sublinha a importância das Universidades comunitárias em Ssanta Catarina. "Meu pai, eu e meus irmãos nos formamos na Furb. Meu pai foi professor lá e eu também sou", refere. "As comunitárias são estratégicas ao olhar para as suas regiões como um todo", aponta.

Pré-candidatura

Na mais recente visita à Unesc, Napoleão Bernardes confirmou a condição de pré-candidato ao Governo do Estado nas eleições de 2022. Ex-prefeito de Blumenau, o professor foi candidato a vice-governador na disputa de 2018, terminando o pleito em terceiro lugar.

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

30 de novembro de 2021 às 21:07
Compartilhar Comente

Natal Unesc 2021: "Todos num só coração"

Natal Unesc 2021:
Fotos: Denis Luciano / AgeCom Mais imagens

Dezembro chegando, é tempo de se preparar para o Natal. E a força da união da família Unesc fará mais uma vez a diferença, como sempre fez nesses 53 anos de história da nossa Universidade comunitária. Estamos convidando os nossos colaboradores para integrar a nossa campanha "Todos num só coração".

É fácil, e vai fazer muito bem para quem precisa. Vamos encher nossa árvore de Natal de alimentos não perecíveis? Esse é o desafio! Traga alimentos e deposite em nossa árvore solidária, que está montada no hall do Bloco Administrativo.

No clima da campanha, a nossa árvore é sustentável e prática: já conta com as caixas nas quais nossos colaboradores vão depositar suas doações, para fazer o bem. Vamos lá, garantir um Natal de mesa farta para quem mais precisa! O montante arrecadado será destinado a instituições beneficentes.

E anote na sua agenda: no dia 8, teremos o lançamento oficial da campanha de Natal da Unesc. Vai ser uma linda festa, preparada especialmente para você, colaborador.

Em breve, a comissão organizadora lançará a programação surpresa do evento de lançamento do nosso Natal. Vamos fazer a diferença? Doe, participe. Todos juntos, num só coração!

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

30 de novembro de 2021 às 20:57
Compartilhar Comente