AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Emocionante Colação de Grau do curso de Direito marca encerramento das cerimônias do primeiro semestre

Emocionante Colação de Grau do curso de Direito marca encerramento das cerimônias do primeiro semestre
Novos 39 bacharéis colaram grau em cerimônia virtual presidida pela reitora da Universidade (Fotos: Mayara Cardoso / Reprodução) Mais imagens

A Colação de Grau de novos 39 bacharéis em Direito pela Unesc marcou, nesta quarta-feira (24/2), o encerramento das cerimônias de formatura do primeiro semestre na Universidade. No total foram entregues ao mercado não só regional ou nacional, mas internacional, 395 novos profissionais nas mais diversas áreas do conhecimento. Assim como as demais cerimônias, a formatura desta noite foi realizada de forma virtual em decorrência das medidas de enfrentamento à Covid, e transmitida ao vivo para centenas de espectadores pelo canal da Unesc TV no YouTube.

O emocionante encontro que significou o início oficial da jornada profissional dos novos bacharéis foi coroado por discurso de representante dos acadêmicos, da reitoria da Universidade, de coordenadores e professores homenageados pelas turmas.

Escolhida como paraninfa, a professora Débora Ferrazo fez questão de deixar lições aos afilhados, carinhosamente chamados de “formosuras”. “Como última lição, como se espera de uma paraninfa, meu singelo desejo para vocês é que quando estiverem deixando suas marcas na história, quando estiverem ajudando a construir o novo, lembrem das declarações de amor lindas de viver que estão lá na constituição, conquistas que tanto custaram aos nossos antepassados”, pontuou.

Ainda entre os desejos da professora, esteve o da luta pelo respeito e dignidade da vida. “Que vocês se imponham contra toda a forma de discriminação e defendam sempre a democracia e a liberdade de expressão exercida com respeito pelo outro para que nós e nossos conhecimentos sejamos instrumentos de conquistas e nunca de renúncias de direitos”, acrescentou.

Para a graduanda escolhida para falar em nome da turma, Laura Dal Bó Cassetari, o sentimento da noite é de certeza de que cada dia e noite de estudo valeram a pena e de que este é só mais um passo nas carreiras de uma turma que trará ainda muito orgulho a familiares, professores e à Universidade.

Conforme Laura, o que as turmas vivem neste dia começou como um sonho no qual vislumbravam o dia que andariam por aí com seu Vade Mecum e conheceriam as leis de perto. “Com o passar do tempo começam as dificuldades e a exaustão. As legislações parecem infinitas e aquele sonhado Vade Mecum começa a ficar cada vez mais pesado. Porém, são esses obstáculos que são responsáveis pelo nosso crescimento, amadurecimento e preparação ao mercado. Ademais, com a presença de professores dedicados, toda a base oferecida pela Unesc e apoio de familiares e amigos, o sonho parece ficar mais plausível”, destacou aos espectadores.

Momento especial para a reitora

A Cerimônia desta quarta-feira teve peso especial para a reitora Luciane Bisognin Ceretta. Ela, que faz questão de realizar a outorga dos graus aos acadêmicos em todas as formaturas nas quais se faz presente com ânimo e desejo do que há de melhor ao futuro de cada um, teve a oportunidade de outorgar o grau de bacharela em Direito à própria filha, Vitória Bisognin Ceretta.

Em seu discurso, no qual destacou a entrega não só de novos bacharéis ao mercado, mas também de melhores cidadãos à sociedade, Luciane teve espaço especial para registrar a emoção de somar as funções de reitora e mãe em tão solene momento. “Peço-lhes permissão para dizer-lhes da emoção que sinto hoje ao conduzir a formatura da minha filha. Permitam-me ser também ser um pouco mãe e neste momento compartilhar com os pais e demais familiares a emoção e a alegria de celebrar essa especial emoção, que, com gratidão à vida, me autorizo a sentir”, destacou.

À filha Vitória, com o orgulho de mãe, Luciane desejou que o caminho seja brilhante. “Que sejas, especialmente feliz, minha filha. Em teu nome desejo a mesma felicidade a todos que colam grau nesta noite”, acrescentou.

Vitória conclui oficialmente nesta noite o curso de Direito, mas não deixará a Universidade. Isso porque já iniciou paralelamente a graduação em Psicologia, também na Unesc.

A Cerimônia de Colação de Grau Especial pode ser conferida na íntegra abaixo:

Confira aqui mais registros da noite desta quarta-feira.

Mayara Cardoso - Agência de Comunicação da Unesc

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

24 de fevereiro de 2021 às 20:59
Compartilhar Comente

Recepção ao presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Santa Catarina na Unesc ganha tom de emoção

Recepção ao presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Santa Catarina na Unesc ganha tom de emoção
Reunião teve o objetivo de aproximação entre instituições (Foto: Leonardo Ferreira) Mais imagens

A tarde desta quarta-feira (24/2) foi marcada pela visita do presidente do CREA-SC (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Santa Catarina), engenheiro civil e segurança do trabalho Carlos Alberto Kita Xavier, à Universidade e a apresentação da egressa e professora da Unesc, engenheira civil Kamila Rodrigues da Silva, como diretora da Inspetoria Regional de Criciúma do Conselho.

Em uma reunião marcada com o objetivo de aproximar as duas instituições, a surpresa trazida pela reitora da Universidade, Luciane Bisognin Ceretta, deu o tom de emoção da tarde. Kamila, egressa do curso de Engenharia Civil, pós-graduada e mestre formada na Instituição, foi homenageada com uma placa de mérito. “Nós nos orgulhamos muito de tê-la na história da nossa Universidade. Desejamos sucesso no exercício deste cargo e função. A Unesc estará presente para prestar todo o apoio para que esta gestão seja exitosa e nos dê ainda mais motivos de alegria”, enfatizou Luciane.

O primeiro contato da homenageada com a Universidade foi em 2003, quando ingressou no ensino superior. Após quatro semestres de estudos, Kamila foi para a Itália, onde morou cinco anos. No retorno ao Brasil, em 2010, voltou à Unesc, onde formou-se em Engenharia Civil, fez pós-graduação e mestrado. Com sua trajetória de quase duas décadas na Instituição, sua segunda casa, a professora do curso de Arquitetura e Urbanismo não escondeu a emoção. “A Unesc foi minha base, ela me mostrou o caminho da profissão. O recebimento desta placa hoje me emocionou muito. Sou filha da casa. Onde cheguei hoje eu devo a esta Instituição e as pessoas que aqui estão e estiveram. Receber este reconhecimento, vindo das mãos da reitora, é ver que todo caminho valeu a pena”, afirmou Kamila.

Para o presidente do CREA, Carlos Alberto Kita Xavier, a honra é mais do que merecida, e  reforça a assertividade na escolha da profissional para representar o Conselho. “Tenho a certeza de que estarei sendo bem representado. Kamila já mostrou ser uma profissional de grande qualificação e que trará o que é necessário para fazer um grande trabalho”, frisou. 



Aproximação entre o Conselho Regional e a Unesc

Os diálogos da tarde tiveram o objetivo de estreitar os laços entre a Universidade e o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Santa Catarina. A iniciativa Universidade Corporativa, ensino, promoção de eventos e outros trabalhos em conjunto estiveram em pauta. “Ter esta instituição ao lado da Universidade é muito importante e estaremos felizes em contribuir para iniciativas como a Universidade Corporativa. Quando a pandemia se instaurou, a Unesc retomou suas aulas de modo virtual em duas semanas, com estrutura completa, professores e profissionais capacitados e um modelo de ensino definido. Esta é a força da Unesc, que se mostra capaz de estar pronta para grandes projetos como este”, destacou. 

A iniciativa Corporativa é uma das metas de gestão do presidente do CREA-SC, com foco no aperfeiçoamento e qualificação dos profissionais registrados e capacitação do público interno, como conselheiros, inspetores e colaboradores, por meio de cursos de especialização. O projeto tem como base cooperação e a parceria com instituições de ensino e entidades de classe do setor tecnológico, além de empresas e órgãos do sistema. “Temos um grande carinho por esta instituição. A Unesc se coloca como parceira para projetos e eventos que nos ajudam a elevar nosso profissional e valorizam nossa profissão. Saber que estaremos juntos no futuro é de grande valor”, afirmou Xavier.

A Unesc e o Conselho são parceiros em grandes eventos como a Semana de Ciência e Tecnologia. Professores da Universidade também são conselheiros. É o caso do coordenador do NIT (Núcleo de Inovação e Tecnologia), professor Evânio Ramos Nicoleit, que relatou em suas palavras o peso desta parceria. “São as minhas duas paixões. A Universidade, há mais de 50 anos, foi pioneira com graduação na área tecnológica na região. O significado disso é este forte laço que une a Unesc e o CREA-SC. A cada ano buscamos uma aproximação ainda mais consolidada”, pontuou. 

Também estiveram na visita os o professor mestres e conselheiros Hugo Schwalm, coordenador do curso de Engenharia de Agrimensura e Cartográfica, e Vanildo Rodrigues, coordenador adjunto do curso de Engenharia de Agrimensura e Cartográfica. O engenheiro agrônomo Felipe Penter, o gerente do Departamento de  Fiscalização do CREA-SC, engenheiro ambiental Ingo Eugênio Dal Pont Werncke, e a assessora da presidência, a jornalista Claudia Renata de Oliveira, estiveram em nome do Conselho.



Leonardo Ferreira - Agência de Comunicação da Unesc

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

24 de fevereiro de 2021 às 18:52
Compartilhar Comente

Artistas de Criciúma devem se inscrever em edição especial do projeto Quintas Culturais

Artistas de Criciúma devem se inscrever em edição especial do projeto Quintas Culturais
No total serão dez apresentações contempladas por edital da Fundação Cultural de Criciúma (Foto: Arquivo) Mais imagens

Estão abertas as inscrições para artistas criciumenses participarem do “Quintas Culturais – Edição Especial”. A proposta, idealizada pelo Setor de Arte e Cultura da Unesc, foi contemplada pelo Edital da Fundação Cultural de Criciúma n° 002/2020 – Edital de Projetos de Emergência Cultural Aldir Blanc (Lei nº 14.017/2020). O objetivo é realizar dez apresentações, mediante pagamento de cachê cultural aos artistas selecionados nas linguagens da dança, música, teatro e/ou artes visuais.

As apresentações culturais selecionadas acontecerão no período de 18 de março a 15 de abril, das 18h às 19h20, no Ponto de Cultura Unesc, Palco do Quintas Culturais, e serão transmitidas pela página no Instagram @culturaunesc.

Conforme a coordenadora do Setor Arte e Cultura da Unesc, Amalhene Baesso Reddig, está entre as metas da Unesc e do próprio setor aprovar projetos em editais de fomento externo, trabalho que faz parte da missão e das políticas de cultura da Universidade. “Preocupados em garantir que parte dos recursos sejam repassados aos artistas da região, acreditamos que estamos investindo no fortalecimento da produção cultural, dando visibilidade aos artistas e reinvestindo recursos na economia local”, destaca Amalhene.

De acordo com o produtor cultural da Unesc, Maxwell Sandeer Flor, poderão participar do Quintas Culturais artistas criciumenses não contemplados pelo Edital Projetos de Emergência Cultural Aldir Blanc do município de Criciúma, na modalidade individual, dupla ou grupo desde que respeitando as medidas de segurança no período de pandemia.

As inscrições poderão ser feitas até o dia 10 de março de 2021, no site do Quintas Culturais Unesc unesc.net/portal/quintas-culturais. Cada artista poderá inscrever até duas propostas, com tempo de quarenta minutos. 

Mais detalhes sobre a proposta podem ser conferidos no Regulamento.

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

24 de fevereiro de 2021 às 18:05
Compartilhar Comente

Lideranças da Unesc prospectam novas oportunidades de investimento na educação em Brasília

Lideranças da Unesc prospectam novas oportunidades de investimento na educação em Brasília
Pró-reitora de Planejamento e Desenvolvimento Institucional da Universidade, Gisele Coelho Lopes, e assessora técnica da Pró-Reitoria, Bianca Bez Batti representaram a instituição na capital Mais imagens

Um dia de intensa agenda de visitas e reuniões em Brasília rendeu boas perspectivas para a Unesc nesta semana. Ao longo de toda a terça-feira (23/2), a pró-Reitora de Planejamento e Desenvolvimento Institucional da Universidade, Gisele Coelho Lopes, e assessora técnica da Pró-Reitoria, Bianca Bez Batti, representaram a instituição na capital em encontros com todos os deputados federais do Sul e senadores de Santa Catarina.

As representantes foram recebidas com atenção em cada um dos gabinetes e, conforme Gisele, puderam alinhar diversas oportunidades de parcerias para a Universidade. O sentimento predominante, de acordo com a pró-reitora, foi de orgulho ao ter o trabalho da Unesc reconhecido pelos parlamentares. “O senador Esperidião Amin, por exemplo, nos disse que se sente honrado em receber a Unesc por conhecer a excelente gestão que a reitora Luciane Bisognin Ceretta vem realizando nesses três anos, reposicionando a Universidade de forma completa. Como professor universitário, se disse muito feliz em ter na Unesc uma referência de educação superior no Sul do país, o que muito nos honrou”, destaca a pró-reitora. Ainda em reunião com o senador, as representantes da Unesc receberam o incentivo e apoio à continuidade do Observatório de Desenvolvimento Socioeconômico e Inovação da Universidade.

Entre as produtivas visitas, conforme Bianca, esteve a passagem pela Secretaria de Cultura e encontro com o chefe de gabinete da secretaria, Lucas Jordão Cunha. No encontro foi possível identificar oportunidades para submissão de projetos de fomento à cultura principalmente no que se refere à captação de recursos ao Museu de Zoologia Professora Morgana Cirimbelli Gaidzinski, da Unesc, como um produto importante de incentivo ao turismo da região. “Neste sentido conversamos sobre a retomada do projeto que visa a implantação de um Museu de Zoologia no Parque das Nações, voltado ao desenvolvimento regional. O município já sinalizou interesse em retomar esse projeto”, pontua a assessora técnica.

Na Secretaria de Articulação e Promoção da Ciência, criada recentemente pelo Ministério de Ciência e Tecnologia, de acordo com Gisele, foi possível entender mais sobre a promoção das ciências nas escolas em conversa com o diretor Daniel Fonseca Lavouras e seus assessores.  “Identificamos diversas oportunidades de apoio a novas tecnologias de realidade aumentada para os museus como uma experiência para fomentar o turismo. Adquirimos ainda mais conhecimento para viabilizar projetos nos quais a Universidade possa continuar a desenvolver a educação em todos os níveis, principalmente na educação básica”, acrescenta Gisele.

No que diz respeito à visita à Secretaria de Inovação e Empreendedorismo, conforme a pró-reitora, o resultado da reunião com o diretor José Gontijo foi a identificação de oportunidades para o fomento de startups, criação de novos negócios e empreendedorismo. “Levantamos uma série de alternativas para viabilizar projetos que já temos e que estão em andamento”, descreve.

Ainda no dia de muitas visitas Gisele e Bianca passaram pelo gabinete do senador Jorginho Mello, no qual discutiram acerca de projetos de inovação e empreendedorismo. No gabinete da deputada Ângela Amin as representantes da Universidade protocolaram um projeto de apoio ao Museu de Zoologia como um ponto estratégico para potencializar o turismo regional. No gabinete do senador Dário Berger a pauta principal discutida com o assessor parlamentar Yuri Becker dos Santos, conforme Gisele, se voltou ao apoio à manutenção do Ambulatório de Atenção à Pessoa com Fibromialgia, nas Clínicas Integradas da Universidade.

No encontro com a deputada Geovânia de Sá a pauta foi a manutenção e ampliação de um laboratório de realidade mista para os cursos da área da saúde. Recebidas pelas assessoras da deputada Carmem Zanoto, Gisele e Bianca aproveitaram ainda o encontro para solicitar apoio para a criação de um observatório de tecnologias para a acessibilidade regional.

Já a temática principal do encontro no gabinete do deputado Pedro Uczai, representado pelo assessor Luiz Pereira, foi o fomento ao Centro de Memória Digital para a Educação e, no gabinete do deputado Daniel Freitas, o fomento à construção da Clínica de Medicina na Universidade. Ainda em prol do incentivo a importantes projetos da Unesc, Bianca e Gisele estiveram no gabinete do deputado Ricardo Guidi, no qual, recebidas pelo assessor do parlamentar, solicitaram apoio à construção do espaço de cocriação para a inovação na Universidade.

Com tantos assuntos importantes em pauta, de acordo com a pró-reitora, o saldo das visitas na capital federal foi muito positivo. “A viagem foi extremamente produtiva. Tivemos a oportunidade de compreender um pouco mais como a Unesc pode aproveitar melhor as oportunidades disponíveis especialmente no que diz respeito ao desenvolvimento do seu papel como comunitária. Foi importante porque conseguimos ainda reforçar, nos ministérios e secretarias, os diferenciais da identidade comunitária da Instituição”, destaca Gisele.

A história da Unesc e a excelência da sua gestão, conforme a pró-reitora, colaboraram para que os assuntos fossem bem recebidos em cada secretaria e gabinete. “A gestão da professora Luciane nos abriu portas no sentido de colocar a Universidade como prioridade para os parlamentares, que já conhecem o trabalho que vem sendo feito. Saímos com a sensação de esperança de bons retornos no orçamento de 2021 a 2022 para a Unesc”, finaliza.

Confira mais fotos sobre o dia de extensa agenda em Brasília

Mayara Cardoso - Agência de Comunicação da Unesc

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

24 de fevereiro de 2021 às 16:47
Compartilhar Comente

Estudo que possibilitará extensão da Via Rápida nos municípios de Balneário Rincão e Içara tem mais um avanço importante

Estudo que possibilitará extensão da Via Rápida nos municípios de Balneário Rincão e Içara tem mais um avanço importante
Se um dos traçados for aprovado, iniciativa deixará de ser estudo e passará a ser projetos básico e executivo (Foto: Paula Darós Darolt) Mais imagens

Os engenheiros e técnicos da Unesc, Balneário Rincão e Içara seguem trabalhando no estudo de viabilidade de extensão da Via Rápida para os municípios. Os profissionais se reuniram nesta terça-feira (23/11), no Iparque (Parque Científico e Tecnológico) da Universidade. A manhã de trabalhos foi para lapidar as possibilidades de traçado a ser construído.

A partir deste avanço, conforme o engenheiro técnico do Cegeo (Centro de Engenharia e Geoprocessamento) da Universidade, Jóri Ramos Pereira, dois possíveis traçados foram definidos. Agora as possibilidades serão apresentadas aos prefeitos e outras lideranças. Se as duas opções forem bem vistas, uma reunião será marcada na Acic (Associação Empresarial de Criciúma) para a apresentação final e escolha.

Até a aprovação, a iniciativa segue caracterizada como estudo. “Definimos com a equipe técnica das duas prefeituras os melhores traçados. As propostas serão apresentadas e posteriormente o traçado escolhido poderá ser base para que as prefeituras decidam a melhor forma de início para os projetos básico e executivo, fases de detalhamento das diretrizes necessárias para tirar a obra do papel", explica Pereira.

Trabalho em conjunto

A reunião de definição dá continuidade ao trabalho em conjunto dos poderes municipais e Universidade. Na última quarta-feira (17/2), representantes da Universidade, Acic, prefeituras e associações empresariais de Balneário Rincão e de Içara reuniram-se para o acompanhamento das possibilidades do projeto. 

Leonardo Ferreira - Agência de Comunicação da Unesc

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

24 de fevereiro de 2021 às 13:37
Compartilhar Comente